[Resenha] Eu estou aqui - Clélie Avit




Uma história de amor pode começar em um hospital? E com uma das pessoas em coma? Talvez sim...



Sinopse: Porque esta é a história de Elsa, uma montanhista que, após um acidente em uma geleira, está em coma há cinco meses; e Thibault, um cara normal, ainda se recuperando de um divórcio que levou embora todas as suas esperanças.
Em um dia tumultuado, Thibault entra no quarto errado do hospital e encontra Elsa dormindo. E por um sentimento que ele mesmo não sabe definir, Thibault passa a visitá-la sempre que possível.
Elsa pode ouvir tudo o que se passa em sua volta. E nas visitas de Thibault ela encontra forças para tentar sair de seu estado vegetativo. Porque sabe que um sentimento puro está nascendo em seu coração.
Enquanto médicos, amigos e familiares estão perdendo as esperanças de ver Elsa fora do coma, Thibault lentamente constrói a esperança de vê-la acordada. Seria só um modo de fugir dos seus próprios problemas? Ou ele é o único que percebe o que ninguém mais vê?
 Em uma narrativa intensa e muito sentimental, o primeiro romance de Clélie Avit é uma declaração de amor à vida e aos pequenos detalhes que realmente importam. Impossível não se apaixonar!

Vencedor do prêmio Nouveau Talent 2015.


|Autora: CLÉLIE AVIT | Romance Contemporâneo | Páginas: 288 | Editora Rocco | Skoob|Compre: SubmarinoSaraivaAmazon |


A sinopse já contou quase tudo sobre a história, então vou começar dizendo o que eu senti. Sabe aquele desespero que sentimos lendo ''Se eu ficar''? Pois é, estamos nesse nível aqui, a diferença é que a protagonista não tem essa opção de ficar ou não, pelo menos não que ela se de conta, como Elsa diz, ela é uma espectadora em seu corpo, ela ouve tudo que se passe em volta dela, porém não sente nada, não pode se mexer, não pode falar, não sabe nem dizer se esta respirando ou não.              
Elsa escuta tudo que dizem sem poder interagir, passa longas horas esperando alguém entrar em seu quarto, desejando poder ouvir qualquer barulho para passar o seu tempo. É uma agonia sem fim se imaginar na posição dela, não poder responder, dizer que ainda esta viva, ter que ouvir todos falando de você como se não estivesse mais ali. Ela não pode nem chorar. 


A autora Clélie Avit é formidável em passar sentimentos e sensações, me senti dentro do quarto dela! Ouvimos ansiosamente quando alguém entra em seu quarto, imaginando tudo que esta se passando a sua volta. Suas angustias nos são palpáveis, me encantou completamente.



 ''Fico me perguntando até quando vou ficar só ouvindo. Fico me perguntando se um dia vou acordar de verdade. Sei, pelo que ouço dos médicos, que praticamente não consigo respirar sozinha. Sei que eles fazem exames regularmente, e sei que aguento apenas poucas horas antes de me declararem incapaz de continuar a respirar sem a assistência de aparelhos.''


O que dizer do personagem mocinho Thibault? O rapaz que entrou por engano em seu quarto enquanto fugia de visitar seu irmão, o mesmo que pensou que ali era um bom lugar para um cochilo. Ele é um encanto! Não é um herói em um cavalo branco, não é a melhor pessoa do mundo, muito menos a pior, é um cara comum, normal, de bom coração, que possui princípios, do tipo ''não posso roubar o travesseiro dela pra ficar confortável na cadeira, mesmo que ela não sinta nada''. 

''– Você se lembra de quando eu lhe disse que a cadeira não era confortável? – digo, me virando para o objeto em questão. – Pois bem, continua igual! Eu queria pegar emprestado um de seus travesseiros, mas vejo que você está muito bem acomodada neles e, depois… isso não seria muito elegante de minha parte.''



Thibault vai conversando com Elsa e tirando cochilos em cada visita, este momento para ele também é de reflexão sobre seus problemas. Acredito que não foram conversas muito longas da parte dele, na maioria das vezes ele mais dorme do que fala. Ele também não descobre tanto sobre ela pra justificar os sentimentos, basicamente ele descobre como foi o acidente de Elsa, quando encontra com  amigos dela que a visitavam, e foi só isso. Eu achava que íamos ter mais conversas, que ele contaria sobre sua vida para ela, que ele encontraria seus pais, sua irmã, escutaria histórias sobre a Elsa, e assim ia nascendo o amor. Mas não foi bem isso que aconteceu, no entanto ainda foi do tipo que da suspiros. 

O livro tem a narrativa intercalada entre Elsa e Thibault, ela contando como esta sendo essa vida, já que esta em coma tem cinco meses, e ele nos contando sobre seus dias. No momento Thibault vive três conflitos em sua vida, um termino conturbado, um crescente desejo de ter sua própria família, e um irmão acidentado que fez uma coisa terrível. Seu consolo é sua afilhada e as visitas a Elsa, onde ele tem a esperança que ela vai acordar e ser tudo que ele imagina. 

''– Bom dia, Elsa.
O murmúrio chega aos meus ouvidos como uma brisa. O nome ressurge em minha mente com a força de uma tempestade. Thibault! Ele voltou! Não sei por quê. Quero acreditar que tenha sido porque tenha tido vontade de voltar. Pouco importa, ele está aqui, isso vai me renovar, mesmo que tenha vindo só dormir.''

A autora Clélie Avit tem uma forma de escrita apaixonante, ela consegue fazer descrições sobre personagens, sobre o ambiente, sentimentos, mas não aquele tipo chato e demorado, que coça nossos dedos para pular as páginas, são descrições curtas e belas, tudo fica muito claro e não se prolonga falando sobre coisas que não nos interessa. A história possui uma narrativa rápida e fluida, muito dinâmica com os diálogos intercalados, é uma leitura emocionante. 

É um romance singular, um livro pequeno, eu li em uma hora, mas mesmo os leitores mais tranquilos vão conseguir ler em pouco tempo. Foi a primeira vez que eu li uma história nesta situação de hospital, de personagens que se apaixonam enquanto um esta em coma. Eu só lamento a história não ser mais trabalhada, essa temática poderia render facilmente umas 400/500 páginas, só o que aconteceu com o irmão de Thibault poderia render muito mais. Eu fiquei triste por ter sido um livro tão curtinho, quando estava ficando ainda melhor ele terminou.

E só para constar, o termino me deixou doida! Foi lindo mas precisava de mais!!! Este livro precisa de uma continuação, assim como ''Se eu ficar'' ele não pode parar na melhor parte. 

Recomendo muito esta leitura, é muito bom para dar uma mudança, tem uma passagem com o irmão de Thibault que te faz refletir muito, ele passa por algo que eu e vocês leitores já passaram, ou no minimo viram alguém passar. Preciso dizer mais?


''Me desliguei de tudo o que estava acontecendo ao meu redor. E me concentrei totalmente nela. Todo o meu corpo é administrado por reflexos ou então meu cérebro literalmente se dividiu em duas tarefas: tentar me livrar do controle de Steve e olhá-la, olhar para ela.
Se ela parar de respirar, acho que paro com ela.''




Atores de AFTER no Brasil!!!



Podemos surtar? Sim!!!!


A Diamond Films anunciou que os atores Josephine Langford e Hero Fiennes-Tiffin, que interpretam o casal Tessa Young e Hardin Scott no filme AFTER, vêm ao Brasil para participar de uma série de eventos de divulgação do filme que acontecem na próxima sexta-feira, 15 de março. E tem mais! Junto deles estará Anna Todd, a autora da série de livros de mesmo nome que inspirou o filme.















[PRÉ-VENDA] Um amor de inverno - Carrie Elks Vol. 2 série "As Irmãs Shakespeare''







"Um amor de inverno" é mais um romance de aquecer o coração da série "As Irmãs Shakespeare"



Sinopse: A estudante de cinema Kitty Shakespeare está determinada a aproveitar ao máximo seu novo emprego como babá. Pode não ser exatamente a carreira que ela esperava quando mudou de Londres para Los Angeles, mas, graças ao hábito de travar em entrevistas, esta pode ser sua última chance de impressionar um dos maiores produtores de Hollywood — se ela conseguir cuidar do filho dele direito. Kitty não contava se envolver com a família problemática do chefe, nem se sentir atraída por Adam, o irmão sexy e recluso.









[Lançamentos] Abril - Gabriela Brasilino





|Autora: Gabriela Brasilino | Acabamento: brochura| Tamanho: 14 x 21| Páginas: 218|

Twitter da autora AQUI

Preço exclusivo de pré-venda De R$ 44,90 por R$ 35,90! Compre AQUI



Sinopse: Letícia, uma garota que mora em uma pacata cidade, acaba por possuir todos os seus dias assegurados a uma rotina repleta de brigas, más amizades e um péssimo namoro. Todavia, como se o universo soubesse do transtorno diário da garota, como mágica, um novo e polêmico garoto apareceu em sua vida, fazendo com que logo após o despertar de uma forte amizade, uma imprudente aventura fosse iniciada. Aventura esta que não só transformará a pequena cidade em um caos, como também envolverá a grande mídia e até mesmo a própria polícia.





[Recados e Noticias] ''Amigas para sempre'' vai para Netflix!




A Editora Arqueiro falou no twitter que a autora Kristin Hannah anunciou que "Amigas para sempre" vai virar série na Netflix! A previsão é que a série tenha 10 episódios. 





Resenha do livro clique aqui

Ansiosos??? ♥



[RESENHA] AFTER - Anna Todd e novidades sobre o Filme!








“Essa carinha inocente… Esse olhar me dá vontade de fazer um monte de coisas indecentes com você.”


Depois de bater a marca de um bilhão de acessos na plataforma de leitura Wattpad ao transformar os integrantes da banda One Direction em personagens de uma história de amor sexy, a série After vira livro e promete ser o novo fenômeno editorial. No primeiro livro, Tessa, de 18 anos, sai de casa, onde mora com a mãe, para ir para a faculdade. Até então sua vida se resumia a estudar e ir ao cinema com o namorado doce que conheceu ainda criança.
No primeiro dia na faculdade, onde ela passa a dividir um quarto com uma amiga que adora festas, Tessa conhece Hardin, um jovem rude, tatuado e com piercings que implica com seu jeito de garota certinha. Logo, no entanto, os dois se envolvem e Tessa, que era virgem, vê sua sexualidade aflorar. Hardin é inspirado em Harry Styles, um dos membros do One Direction. Os outros quatro músicos da banda – Zayn, Niall, Louis e Liam – também viraram personagens na trama.
Tessa logo descobre que Hardin possui um passado cheio de fantasmas e os dois começam um relacionamento intenso e turbulento. Depois dele, ela nunca mais será a mesma.

|Título: AFTER | Editora: Paralela Autora: Anna Todd |Gênero: New Adult | Páginas: 530| Coleção: AFTER (SERIE) - Vol. 1| Skoob | Saraiva | Amazon | Submarino | 



“Eu quero você. Mais do que qualquer outra coisa na vida.”



Começo dizendo que eu nunca quis ler este livro, anos atrás, depois de saber que era uma fanfiction cujo personagem principal é inspirado no cantor Harry Styles dos One Direction, pensei ''deve ser  muito infantil'' COMO EU ESTAVA ERRADA! 
Eu vi esses dias que vai sair um filme desse livro e pensei? Vou ler.... ACABEI EM UM DIA O LIVRO! #APAIXONADA


Narrado em primeira pessoa pela personagem Tessa, começamos a história com ela se preparando para ir a faculdade aos 18 anos. Seu futuro, tudo pelo qual ela se esforçou tanto vai realmente começar.
Tessa é uma nerd, super estudiosa, organizada beirando o Toc, ela tem alarmes para tudo em seu celular, usa roupas comportadas, cabelo impecável, sendo sempre bem educada, uma garota exemplar. Sua mãe é uma digna senhora, igualmente impecável, não admitindo nada fora do lugar, controladora, sabe todos os passos de Tessa. Já seu namorado Noah é um fofo, gato, joga futebol, tem boas notas, é o seu melhor amigo desde criança, nunca a traiu, e a ama muito. É uma pena ele ser alguns meses mais novo do que ela, não podendo assim ir para a faculdade. As vezes paro e penso, se ele fosse para a faculdade com Tessa, faria mesmo diferença na história? Acho que não, ia dar no mesmo, porque no momento que ela e Hardin se olharam, acabou para os dois galera, nunca vi paixão tão forte em livros (a não ser em 50 Tons) é insano. 


“Só quando me dei conta de que te amava foi que percebi como o amor era diferente do que eu pensava que fosse.”

Com uma colega de quarto diferente digamos assim, cheia de amigos diferentes, Tessa acaba indo em uma festa de fraternidade, e ali foi o fim galera, o fim da vida que ela conhecia, toda organizada, planejada, perfeitinha, foi o fim da Tessa que ela sempre conheceu. Hardin é como um farol, a pessoa vai olhar para ele e não ver mais nada. Ele é um cara misterioso, impetuoso, violento, tatuado, lindo e que ama ler, ele leu ''O morro dos Ventos Uivantes'' meu povo, e ''Orgulho e Preconceito"!. Até eu ficaria apaixonada, mistura um Bad boy com um leitor voraz dos clássico e o que temos? Calcinhas molhadas meninas impossível ser de outra forma.

“Você não consegue resistir a mim, nem eu a você.”


O amor deles é tempestuoso, acho que vem daí a capa da tempestade rs, eles brigam o tempo todo, e se agarram a cada oportunidade, Tessa é inocente, esta confusa, e completamente apaixonada.  Já Hardin é doido galera, ele detesta Tessa, mas não pode ficar longe dela, o pobre caiu tão rápido que nem sabe o que o atingiu. É amor e ódio tão juntos que fica difícil acompanhar.



A leitura é dinâmica, diálogos bem construídos, fofos em alguns momentos e intensos em outros, é aquele tipo de livro que você fica tão concentrado, que a casa pega fogo sem você perceber (não leia com nada cozinhando, fica a dica kkk). É como estar assistindo um filme muito bom no cinema, você não tira os olhos pra não perder nada, e fica com ódio se alguém fala e te atrapalha.


“Você sabe que vou cuidar de você, não sabe? Sempre.”

Eu nunca tinha lido um livro da Anna Todd, fiquei impressionada com sua escrita, ela é uma autora muito boa, não só boa, ela é Fod@#$%! Fiquei encantada com os personagens, consegui acreditar que era uma história real, que estava acontecendo, lembro de me sentir assim lendo ''Jogos Vorazes''.
Foi mágico, terminei o livro no mesmo dia e já estou lendo o segundo livro, que posso adiantar dizendo que é melhor ainda. Nesse segundo livro a narração tem participação do Hardin, pouco, mas tem. 
E se engana se você pensa que o livro só fala só de amor e sexo, nada disso, tem questões muito sérias sendo retratadas, como por exemplo os problemas do Hardin com o pai dele. Seu pai fez coisas terríveis no passado, moldando quem o Hardin é hoje. Tudo que ele passou quando criança reflete no adulto de hoje, seus problemas de nervoso, violência, tudo tem um motivo.
Eis ai algo complicado para mim, gostei muito do pai dele, ótimo personagem, quando soube o que aconteceu eu já gostava tanto de seu pai que nem consegui ficar com raiva.
E a nossa Tessa também tem suas questões pessoas para serem trabalhadas, sua obsessão por fazer tudo correto, sua relação nada salvável com a mãe, seu jeito toda certinha de ser, sem nunca relaxar. Sua atitudes também tem motivos válidos, baseados em suas experiencias na infância.
Obs. Esse Kindle lindo da foto é o que comprei esse ano ♥ #Apaixonada ♥

Eu só tenho a recomendar esta leitura, se você como eu ficou desanimado quando soube que era inspirado em cantores do One Direction, relaxa, nem lembrei desse detalhe quando estava lendo, a história não é infantil , nem nada disso. É incrível, maravilhosa! 
E agora que vai sair o filme em Abril eu já estou surtando e já ansiosa pelo segundo filme kkkk.
Para quem for comprar os livros se preparem, com um filme para lançar os preços estão bem salgadinhos, vale a pena procurar promoções ou esperar. 


A série é composta por:



After (2014) - Vol 1 (Vai sair o filme no cinema)
After We Collided ou After - Depois da Verdade (2014) - Vol 2
After We Fell ou After - Depois do Desencontro (2015) - Vol 3
After We Fell ou After - Depois da Esperança (2015) - Vol 4
After Ever Happy ou After - Depois da Promessa (2015) - Vol 5
Before - (2016) A História de Hardin Antes de Tessa - Série After - Vol. 6

Spin-Off

Nothing More (2016)
Nothing Less (2016)



O filme do livro Vol 1 After estréia nos cinema em 11 de abril de 2019!  ♥



Nossa Tessa é interpretada pela JOSEPHINE LANGFORD


 E o nosso lindo Hardin é interpretado pelo HERO FIENNES TIFFIN


E descobri vendo o trailer que o pai do Hardin no filme vai ser interpretado por um ator que adoro, o Peter Gallagher, aquele que fazia o papel do Sandy Cohen em The O.C (série que eu adorava!).


Segue o trailer se alguém aqui ainda não viu ♥



Entrevista com a Anna Todd sobre o filme no Adoro Cinema! Clique aqui


ANNA TODD É uma escritora que vive em Austin, no Texas, com seu marido, com quem se casou um mês depois de se formar no ensino médio. Entre os três períodos em que ele serviu no Iraque, ela teve empregos em lojas de maquiagem e escritórios da Receita Federal americana. Anna sempre foi uma leitora ávida, fã de boy bands e de livros românticos. Está vivendo um sonho desde que conseguiu combinar as três coisas e tornar-se escritora.







[RESENHA] Talvez um dia - Colleen Hoover




Sydney acabou de completar 22 anos e já fez algo inédito em sua vida: socou a cara da ex- melhor amiga.  Até hoje, ela não podia reclamar da vida. Um namorado atencioso, uma melhor amiga com quem dividia o apartamento... Tudo bem, até Sydney descobrir que as duas pessoas em quem mais confiava se pegavam quando ela não estava por perto. Até que foi um soco merecido. Sydney encontra abrigo na casa de Ridge. Um músico cujo talento ela vinha admirando há um tempo. Juntos, os dois descobrem um entrosamento fora do comum para compor e uma atração que só cresce com o tempo. O problema é que Ridge tem uma namorada, e a última coisa que Sydney precisa agora é se transformar numa traidora.



|Título:Talvez um dia |Autora: Colleen Hoover |Gênero: Romance/NewAdult |Editora: Galera Record |Páginas: 368| Skoob | Saraiva | Amazon | Submarino |

Olá seus bonitos, eu li um novo livro da  Colleen Hoover, autora #mara, de tantos livros maravilhosos. Quem não conhece Métrica? ♥

''Não tenho dúvidas de que seríamos perfeitos um para o outro outro, Sydney. Mas nossas vidas não são perfeitas para nós.''


Vou começar dizendo que este livro conta uma história muito bonita e diferente, para começar nosso mocinho chamado Ridge é um compositor de uma banda bem conhecida, ele toca violão também, tem muito caráter, é um fofo em diversos momentos e é surdo! Não um pouquinho surdo, mas totalmente. Ai vocês me pergunta, mas como ele consegue compor músicas no violão? Como ele toca? Ai eu digo para vocês, leiam o livro kkk. A história explica de uma forma bem linda, sabe?

A nossa mocinha chama-se Sydney, é uma boa garota, bom coração, belos sentimentos, esta na faculdade, e como viram na sinopse (que por sinal achei que deu explicação de mais sobre a história, é spoiler que não acaba) ela divide seu apartamento com sua melhor amiga Tori, que aproveita quando Sydney esta desatenta e dorme com seu namorado Hunter, amigona né? 
A história já começa assim, com a Sidney descobrindo a traição, socando a cara deles e ficando desabrigada logo depois, eis ai que surge nosso príncipe encantado, seu vizinho musico para lhe oferecer um abrigo (pensei no Melim agora rs). E adivinhem o rolo? Ele tem uma namorada faz cinco anos, chamada Maggie, e essa meus amigos, é a nossa história. 

A história é narrada em primeira pessoa, porém alternando os personagens entre Ridge e Sydney, a cada momento um conta a historia, nos dando a oportunidade de saber o que estão pensando e sentindo.

Sempre gostei desse estilo, é algo muito incomodo ter que ficar imaginando o que o cada um esta pensando, pois só vemos um lado da história na maioria das vezes. Eu inclusive gostei muito do Ridge, ele tem um coração lindo, o fato dele ser surdo me deixou tão intrigada, imaginando como ele se sente, como ele consegue gostar tanto, e conseguir escrever músicas, tocar elas no violão... Essa deficiência auditiva nele o torna muito especial e único, nos aproxima mais da realidade, pois a vida é assim mesmo, nem tudo são flores. Muitos tem que viver com mais dificuldades e problemas do que outros.

A história retrata tantos sentimentos, problemas de família, doenças, o desejo de não estar apenas vivo, mas de viver plenamente. A forma como a história aborda o tema ''fidelidade'' foi cheio de sensibilidade, mostrou vários pontos de vistas, e de como algumas pessoas são tão egoístas, traem a pessoa amada, para quem fizeram juras de amor sem nem se importar, e também como outros acabam traindo pela incapacidade de calar o coração isso ficou tão poético. Me fez refletir. 
Ridge deu umas mancadas na minha opinião, mas eu consegui compreender seus sentimentos, até consegui perdoá-lo no final. 

''O desejo é fácil de combater. Especialmente quando  a única arma  que o desejo possui é a atração.
Não é tão fácil quando você está tentando vencer uma guerra contra o coração.'' 

Mas a nossa Sydney... Foi outra história, eu sempre amei os personagens da Colleen Hoover, esse deve ser o primeiro livro que não curti muito, eu fiquei com muita raiva dela, poxa vida, ela foi traída! Toda mulher sabe a dor de ser enganado por quem você ama, isso doí na alma, ai você faz o que? Vira uma traidora, no caso dela, vira uma Tori! Por mais que o amor fale mais alto, por mais que a gente não mande no coração, e blá blá blá, ela acabou de ser traída, sofrer horrores, ai me faz outra passar por isso? E o código das garotas? Oie!


''Ei, coração. Você está ouvindo? Você e eu estamos oficialmente em guerra.''


''Que ótimo. Estou chorando. Sou uma garota chorona, violenta, sem bolsa e sem ter onde morar. E por mais que não queira admitir, acho que também estou com o coração partido.''

Eu detesto livros com triângulos amorosos, se ainda gostei desse, foi pela maravilhosa escrita, diálogos e narração da diva Colleen Hoover, se fosse qualquer outra autora, tenho 90% de certeza que detestaria o livro. 
É claro que isso sou eu, se você não tem essa aversão a triângulos amorosos, provavelmente vai sair declarando seu amor a este livro, vai sair apaixonada, e se encontrar dando desculpas para nossa mocinha e mocinho... Pelo menos para ele eu dei desculpas rs.


''Eu nunca pensei que fosse possível ter sentimentos honestos por mais de uma pessoa.''

Colleen escreve tão bem, em mensagens de texto eu vi os mais belos diálogos, foi tão bonito, nosso casal compondo musicas, é um momento a parte, tão sexy! Não sei bem como explicar, mas quando ficam juntos para compor, lutando contra sentimentos, escrevendo sobre eles, é tão intimo, e tudo isso sem dizer nada, conversando por mensagens. Ridge tem uma técnica para escutar o que Sydney canta, nesses momentos da um calor galera, mas um calor... 


''Beijos como o dele deveria vir com uma etiqueta de aviso. Eles não devem ser bons para o coração.''


Mas tem uma personagem que nem conhecemos direito, só pela metade e final do livro que ela tem vez, essa é a querida Maggie. Eu simpatizei tanto com ela! Mais do que a Sydney, a historia de como Maggie e Ridge se conheceram é linda e inspiradora, ela esta apenas perseguindo sua vida, suas experiências, tentando viver galera, querendo ser feliz e amada, não faz mal a ninguém, e ama muito o Ridge, ainda que a sua maneira. 
Maggie tem um pequeno segredo que me fez chorar tanto, não sei como Sydney consegue dormir =/


''Quando eu morrer, eu preciso saber que eu fiz tudo que eu sempre quis fazer, e eu vi tudo o que eu sempre quis ver, e eu amei todo mundo que eu sempre quis amar.''

Recomendo muito esse livro, pois mesmo aqueles que não curtem triângulos amorosos vão gostar e ter belos momentos, uma xícara de chá, ou um bolo, sorvete... E você vai ter uma tarde maravilhosa como sempre na companhoa de Colleen Hoover. 


Colleen Hoover nasceu 11 de dezembro de 1979, em Sulphur Springs, Texas. Ela cresceu em Saltillo, Texas, e formou-se a partir de Saltillo High School, em 1998. Em 2000, ela se casou com Heath Hoover, com quem ela já tem três filhos e um porco chamado Sailor. Colleen se formou na Texas A&M University-Commerce com uma licenciatura em Serviço Social. Ela trabalhou com vários projetos de ação social e de ensino, até começar sua carreira como escritora.😁😜