[RESENHA] Uma Prova de Amor - Emily Giffin


| Autora: Emily Giffin | Editora: Novo Conceito | Páginas: 432 | ISBN: 9788581630212 |  Skoob  |  Comprar  |

Primeiro vem o amor, depois vem o casamento e depois… os filhos. Não é assim? Não para Claudia Parr. A bem-sucedida editora de Nova York não pretende ser mãe, e até desistiu de encontrar alguém que aceite esta sua escolha, mas, então, ela conhece Ben. O amor dos dois parece ideal. Ben é o marido perfeito: amoroso, companheiro e — assim como Claudia — também não quer crianças. No entanto, o inesperado acontece: um dos dois muda de ideia a respeito dos filhos. E, agora, o que será do casamento dos sonhos? Uma Prova de Amor é um livro divertido e honesto sobre o que acontece ao casal perfeito quando, de repente, os compromissos assumidos já não servem mais. Contudo, é também uma história sobre como as coisas mudam, sobre o que é mais importante, sobre decisões e, especialmente, sobre até onde se pode ir por amor.

“A princípio, foi uma mudança sutil, como costumam ser as mudanças nos relacionamentos; fica difícil saber quando de fato começou.”

Uma Prova de Amor é um daqueles livros que eu não vou esquecer tão cedo. Com uma linguagem simples e descomplicada, Emily Giffin transforma o moderno em algo totalmente novo. Novo? Vocês podem se perguntar porque estou chamando o relacionamento familiar em algo novo. Torna-se novo, a partir do momento em que o autor inova em sua narrativa, transformando o que poderia ser apenas a relação de uma mulher que não quer ter filhos, em algo diferente e ousado. O que qualifica a autora ainda mais em seus livros.

Claudia Parr é uma editora de sucesso de Nova Iork, tem o homem perfeito ao seu lado. Uma vida perfeita que muitos poderiam dizer ser a felicidade. Cláudia demorou muito para conseguir essa vida. Batalhou noites e mais noites no trabalho até conseguir o cargo de editora de uma grande Editora. Teve a sorte de conhecer o homem de sua vida com apenas 31 anos, num encontro marcado pelos amigos. Pode-se dizer que esses amigos são ótimos, não?

“— Acho que, afinal de contas, quero ter filhos.
Fiquei aliviada e dei uma risada.
— Você quase me mata de susto! – Dei mais uma risada, ainda mais alta, e fui pegar uma bebida no frigobar.”

Mas é aí que encontra-se o x da questão. Cláudia não quer ter filhos. Não por não querer ser mãe. É que dentro de si existe algo que diz que ela não pode ser mãe. Ela batalhou para ter seu emprego e perderia isso se tivesse um filho. Até aí tudo bem. Seu marido Ben – o cara perfeito que eu citei ali em cima – também não quer ter filhos. E por isso, podem se considerar o casal perfeito.

“Por meses, Ben praticou violão com fervor cativante e rapidamente aprendeu o básico e adquiriu calos impressionantes. (...) Porém, pouco tempo depois, Ben perdeu o interesse em seu novo hobby e aposentou seu violão num canto empoeirado debaixo de nossa cama.”

Com o tempo, Ben muda de ideia e diz para Cláudia que quer ter um filho. Aí que o bicho pega. Cláudia até dá uma risada, achando que é brincadeira dele e não acredita de primeira passam. Logo ela lembra-se de que Ben, uma vez, começou a tocar violão. Comprou um caro e queria ser o astro do rock. Com alguns meses, ele desistiu disso tudo e vendeu o violão na internet. Mas pergunto-me, como ele poderia vender um bebê, caso se cansasse?


Então logo começam as brigas. De um lado, Cláudia não quer ter bebês. Do outro, Ben, o homem que parecia ser perfeito começa a ter crises, atacando Cláudia a todo momento querendo que a mesma mude de ideia. O instinto paternal de Ben está nas alturas e isso precisa mudar, de alguma forma.


É um daqueles livros que fazem a gente pensar nas nossas escolhas e decisões. Pensar com calma, pois vejo esse livro como uma grande lição, afinal, por conta de uma decisão, podemos perder o amor de nossas vidas. E eu sou daqueles que acredita no amor em toda a sua essência. Vale muito a leitura, principalmente para aqueles que gostam de livros divertidos e que no fundo expressão uma grande lição. Aquele que pode mudar algo dentro de nós.



3 comentários

  1. QUE LINDO!

    Não li Easy ainda e talvez compre a visão do Lucas para me envolver mais com a história do lado do "mocinho" *000*
    Super animada!
    http://romances-para-te-fazer-feliz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. esse foi o primeiro contato que tive com Giffin, mas acho que pus tanta expectativa no livro que acabei me frustrando um pouquinho. Ele é bom, não me fez desistir da autora logo de cara, mas realmente não me encantou tanto como eu gostaria...

    Tá rolando promoção no meu blog. Se quiser, participe ^^

    bjão

    http://torporniilista.blogspot.com.br/2013/11/6-anos-de-existencia-e-pra-comemorar.html

    ResponderExcluir
  3. Já li da autora "Questões do Coração".

    Bjo!

    http://meuhobbyliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Deixe seu comentário e se houver necessidade responderemos pelo seu e-mail ou aqui mesmo. Obrigada pela visita.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...