[RESENHA] O Dom - Witch & Wizard - Livro 02 - James Patterson, Ned Rust




| Autor: James Patterson, Ned Rust | Selo: Novo Conceito | Páginas: 288 | ISBN: 9788581632810 | Skoob Comprar |


Os irmãos Allgood nunca desistem de lutar contra os poderes autoritários e desumanos d’O Único Que É O Único, mas, agora, eles estão sem Margô — a jovem e atrevida revolucionária; sem Célia — o grande amor de Whit; e sem seus pais — que provavelmente estão mortos... Então, em uma tentativa de esquecer suas tristes lembranças e, ao mesmo tempo, continuar seu trabalho revolucionário, os irmãos vão parar em um concerto de rock organizado pela Resistência onde os caminhos de Wisty e de um jovem roqueiro vão se cruzar. Afinal, Wisty poderá encontrar algo que lhe ofereça alguma alegria em meio a tanta aflição, quem sabe o seu verdadeiro amor... Mas, quando se trata destes irmãos, nada costuma ser muito simples e tudo pode sofrer uma reviravolta grave, do tipo que pode comprometer suas vidas. Enquanto passam por perdas e ganhos, O Único Que É O Único continua fazendo uso de todos os seus poderes, inclusive do poder do gelo e da neve, para conquistar o dom de Wisty... Ou para, finalmente, matá-la.


''Wisty eu te amo. Não vou deixar você morrer, acho que posso ajudar vocês. Prometo. Preciso fugir da mala primeiro, espero que eu consiga. ''

*O livro possui alguns detalhes do livro anterior.

Você procura um livro jovem, cheio de aventuras, jogo de poder, suspense, drama e amor juvenil? Então lhe apresento a série do mestre James Patterson, Bruxos e Bruxas!
No primeiro livro conhecemos os irmãos Wisty e Whit. Ambos vivem uma vida normal quando de repente são arrastados pelos guardas da ‘’Nova Ordem’’ sobre prisão, seu crime? Bruxaria!
Dai em diante os irmãos acabam por se descobrir que são bruxos mesmo, cada um com suas peculiaridades especiais. Ambos agora devem fugir e tentar conseguir acabar com a Nova Ordem, e quem sabe, salvar seus pais, seus amigos, e por assim dizer, o mundo.
Em O Dom, nossos queridos irmãos bruxos estão um pouco mais dominantes com seus poderes, ambos aprenderam vários truques capazes de fazer grandes estragos. Porém por mais que se esforcem está cada dia mais difícil vencer O Único que é o Único (é sim, esse é o nome do vilão, o chefe da nova ordem).
Nesta nova ventura os irmãos vão ser presos (inúmeras vezes) vão lutar muito e descobrir que seus pais estão presos.
O que eles acabam por descobrir é que O Único que é o Único agora não quer apenas mata-los, mas sim roubar o dom deles, mais especificamente o dom de Wisty, pois ela é a mais poderosa dos dois.
Seus capítulos são narrados de forma intercalada pelos irmãos, cada capítulo um tem o poder da palavra para contar sua história. Fato que eu amo no livro, desse modo podemos conhecer profundamente os dois personagens, ver o quanto são parecidos e que realmente podem se comunicar apenas com um olhar. É muito fofo e comovente ver o amor que os une.
Temos muitas novidades, como poemas que mais parecem ''previsões'' do futuro, novos dons sendo descobertos... É um poço de infinitas possibilidades essa série, tudo pode acontecer. James Patterson é o cara, ele escreve romances, séries juvenis, suspenses, dramas. Tudo com uma perfeição incomparável. 

A história é totalmente dinâmica, não temos muito tempo para respirar, está sempre acontecendo algo, eles sempre fugindo e correndo inúmeros perigos, a cada dia que passa mais coisas horríveis acontecem. Reparei que neste novo volume acontecem coisas mais ''sérias'', digamos que temos cenas mais fortes. Temos até crianças estão sendo transformadas em monstros!

''Se você têm algum tipo de aversão a desmembramento humano, pare de ler. (Tá, isso deve incluir quase todo mundo.) Embora meus membros permaneçam intactos, os de alguém, aparentemente, não estão mais.Eles trazem as mãos do baterista. Numa bandeja.'' pág 168.

É muito interessante ver também a evolução dos personagens, Wisty agora mais moça e menos criança está começando a se interessar nos garotos, ela até conhece um belo candidato a ‘’namorado’’ sem falar que está ficando a cada dia mais bonita, maluca e engraçada. (me acabo com os comentários dela!)
Seu irmão começa a se preocupar com os caras que a cercam... Cenas engraçadas surgem disso.
Whit está como sempre, todo deus grego. O mais fofo de tudo é que ele não esquece sua Célia (namorada da juventude, morta pela Nova Ordem) o fato do fantasma dela vagar no outro mundo dentro dos portais também torna tudo muito difícil para nosso jovem rapaz.
Porém algo está errado, ela diz umas coisas estranhas a ele, às vezes parece que ela mudou de lado, em outros momentos parece que ela sabe de algo terrível.

'' - Você precisa se entregar - ela continua - E você está a caminho do Único neste momento. É o único jeito. Se um dia você quiser que fiquemos juntos de novo, este é o único jeito.- Juntos de novo? - pergunto.- Juntos de novo - ela responde enquanto nos afastamos.'' pág. 131


Eu adorei a nova trajetória do livro, abordando o amadurecimento dos personagens, seus romances, o lidarem com um iminente fim do mundo quando se é tão jovem. Leitores que curtem séries como Percy Jackson, Harry Potter dentre outras podem ter certeza de que essa vai entrar na lista dos 10 +.
É uma leitura muito rápida, uma vez que o livro é fino, cheio de diálogos, momentos decisivos, é quase impossível parar de se ler antes do final.
Eu gosto muito da forma como A Nova Ordem nos é mostrada, é colocado no livro cartazes de procurados, dentre outros detalhes que nos faz realmente achar que eles existem. A Nova Ordem não se limita apenas ao texto do livro, mas ela está presente em todos os detalhes, podemos senti-la, entendem? Totalmente WOW. 

Se você curte personagens espirituosos, que tem pensamentos totalmente divertidos, que consegue te fazer dar gargalhadas mesmo enquanto são torturados, que não se prendem no chato estilo ‘’mimimi’’ só reclamando dos problemas, então você vai amar esse livro!
Nem preciso dizer se recomendo né? Para deixar claro, vocês seriam doidos de não comprarem XD

''Sejam bem vindos à minha pequena loja de horrores. Ah, eles fazem depilação de cabeça com cera e de graça aqui, viu? Tenho certeza de que vão depilar seu peito, Whit. E sua monocelha Byron.'' pág. 170

A diagramação é impecável, folhas amareladas perfeitas para uma leitura tranquila, sem dor de cabeça ou visão embasada. As letras são de bom tamanho, os detalhes do livro como a letra ‘’D’’ com o rosto da bruxa Wisty dão aquele toque especial. O livro é meio aveludado (não sei explicar bem) muito bonito, você passa a mão nele... É tipo, muito gostoso. ;)





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós! Deixe seu comentário e se houver necessidade responderemos pelo seu e-mail ou aqui mesmo. Obrigada pela visita.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...