[RESENHA] Tipo Destino - Susane Colasanti

Tipo Destino


Lani e Erin são melhores amigas, embora não tenham muito a ver uma com a outra. Lani é uma taurina tranquila e Erin é a impetuosa leonina. Uma adora Astrologia (e outras artes adivinhatórias também) e ficar em casa; a outra gosta de pessoas e baladas. Suas preferências — incluindo pizzas e meninos — são bastante diferentes, ou eram, até que Erin começou a namorar Jason… Assim que Lani conheceu o namorado de Erin, sentiu uma enorme conexão com ele. Uma sensação de que já se conheciam a vida toda. E, apesar de acreditar que ele sentia o mesmo, ela sempre soube que Jason estava fora de cogitação, afinal, ele era quem ele era! Ela decidiu ignorar seus sentimentos. Não importava o quanto quisesse ficar perto de Jason, nada a demoveria da ideia de se manter distante dele. Então, Erin viajou durante todo o verão…


E se sua alma gêmea fosse namorado de sua melhor amiga?


Dos livros da Susane Collasanti que eu li, esse ficou em segundo lugar, não foi o melhor, mas está bem longe de ser ruim.
Esse livro como outros da autora tem o gênero romance adolescente. Tenha isso em mente na hora de ler para depois não dizer que tem muitos ‘’mimimi’’ juvenis irritantes rs.

Lani e Erin são as best friends, unidas por um acidente de carro onde Erin salvou a vida de Lani, acidente que transformou as duas em almas inseparáveis.
Ambas as meninas são ligadas nas coisas místicas, viciadas em ler o horóscopo, em estudar leitura de mãos, pedras... E tudo mais que envolva adivinhação. Acreditam no destino, em almas gêmeas, tudo bem adolescente mesmo.

Erin é em minha opinião a mais superficial, adora aparecer, é mais descolada e popular, porém é muito ligada em crianças, adora dar uma de babá e e dar aulas de reforço.
Lani é a garota natureza, do tipo que recicla tudo, coloca as mãos na terra e não é muito popular. Do tipo esquisitona.
Ambas são muito unidas, até que Erin conhece Jason e, de forma totalmente superficial começa um relacionamento com ele.
A questão é que quanto mais tempo Lani passa com o casal, mais coisas em comum ela e Jason descobrem ter. São tantas as coincidências, e as esquisitices em comum, que realmente parecem almas gêmeas, e quanto mais os vemos junto mais pensamos, Erin não tem nada a ver com ele!

Mas como todas as garotas sabem, namorado de amiga é tipo padre.
Porém Erin viaja para um acampamento, e quem ela pede para fazer companhia ao solitário namorado Jason? Lani!
Então começa aquela paquera, ela foge, ele investe... Jason termina com Erin por carta (credoo).
Ambos estão apaixonados. É claro que Lani se sente péssima pela amiga, e quando Erin volta descobrindo tudo é que o livro fica bom! A escola inteira odiando eles, a vingança de Erin.

‘’Não há como Jason estar gostando de mim. E mesmo que estivesse eu não poderia gostar dele também. Que tipo de pessoa faria isso com a melhor amiga?’’

Confesso que antes disso o livro estava me estressando um pouco, apenas porque não fui muito com a cara das personagens. Se fosse na vida real, elas não seriam minhas amigas.
Creio que estou ficando impaciente para os dramas adolescentes (será que estou ficando velha? kk).

Como todos os livros da autora esse foi bem escrito, porém achei pouco envolvente, se você estiver passando por algo parecido, ou se já passou, pode ser melhor estimulado a ler. Acredito que os ‘’teens’’ vão gostar ainda mais por poderem se identificar melhor com o tema e os personagens.

''O amor não tem lógica, nem sequer é uma escolha nossa. O amor nos escolhe.''

Algo que realmente amei foi o personagem  Black, melhor amigo de Lani. Black é gay, porém ninguém além dela sabe, não por ele ter vergonha ou medo da opinião das pessoas, mas por seu pai ser um homem de mente fechada e que normalmente o trata muito mal.
Mas Black é um cara muito resolvido, muito maduro, apesar de não ter tantos diálogos os poucos em que aparece valem muito a pena de se apreciar.

‘’- E quanto a todo mundo no colégio?- Um bando de imbecis. Não tenho tempo para ignorância. ’’

Eu adorei a capa, porém esperava um pouco mais do livro, mesmo sendo adolescente vi pouca história nele, achei os personagens meio... chatinhos, tirando Black claro. Poucos dramas além de gostar do namorado da amiga. Sem falar que a amizade delas foi meio chinfrim, afinal Erin detona Lani, sendo que nem gostava muito do Jason, e sem aceitar explicações. Que amizade é essa?

Se for para falar da história como um todo, eu gostei mais do livro ''Bem mais perto'' da autora.

Quando aos detalhes técnicos... Os livros da Novo Conceito são sempre muito bem trabalhados, capas lindas, folhas amareladas, letras de bom tamanho, não temos do que reclamar no quesito diagramação. 




Título: Tipo Destino
Autora: Susane Colasanti
Editora: Novo Conceito
Páginas: 288





4 comentários

  1. não sei porque mas tô tendo a impressão que vou curtir esse livro. :D

    Hoje eu começo a leitura dele... o/

    bjs

    http://torporniilista.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Apesar de gostar da sua resenha, não é um livro que eu tenha vontade de ler :S


    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Esse livro definitivamente não me agradou. Desde a capa, até a sinopse. Que mulher pede para a amiga fazer companhia ao namorado? Esses dramas adolescentes são um tanto fantasiosos. Não é o tipo de leitura que me agrada.

    ResponderExcluir
  4. O livro não me chamou a atenção pela capa e sim pela sinopse . A questão é que eu me identifiquei demais com a Leni e meu marido com certeza com Jason , afinal ele era namorado da minha melhor amiga quando nos conhecemos , mas enfim almas gêmeas não podem ser separadas ;)
    Quero muito ler o livro e ver se somos tão parecidas assim ;)

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Deixe seu comentário e se houver necessidade responderemos pelo seu e-mail ou aqui mesmo. Obrigada pela visita.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...