[RESENHA] O Sonho de Eva - Chico Anes


Dra. Eva Abelar, autoridade mundial em sonhos lúcidos, é informada de que seu filho, Joachim, uma criança autista, desaparece na mesma noite em que sua irmã, Anna, pula do 20º andar de um edifício em São Paulo. Anna era a principal cientista do projeto DreamGame, invento revolucionário que permite à pessoa jogar enquanto dorme. Eva é convidada por Yume a assumir o lugar da irmã e, à procura de respostas, se envolve em uma trama perigosa, que alcança os limites dos desejos inconscientes do homem. Enquanto usa seus conhecimentos para desvendar a morte de Anna e reencontrar Joachim, Eva descobre o quanto a sociedade está vulnerável à tecnologia e aos estímulos subliminares, e como esses estímulos podem sequestrar a liberdade e extinguir o livre-arbítrio.

Dormir pode ser um jogo perigoso
Sabe aquele tipo de livro que tira a sua respiração? Mas com a sua respiração, ele leva junto toda a sua sanidade e você achava que sabia tudo sobre sonhos, até agora. O Sonho de Eva é um daqueles livros que merecem continuação do ponto exato de onde parou. Vamos com calma que vou explicar tudo aos poucos.

O Sonho de Eva começa com a morte de Anna. Eu tinha que falar sobre isso, entendem? Nem é spoiler, afinal sempre divulgam os primeiros capítulos e isto está na sinopse, fui bem claro? Anna pula do 20º andar, e até acho que Clarice Falcão se inspirou neste livro para falar de morte, andar, etc.

Eva Abelar é uma mulher forte, determinada, eu até diria que uma das minhas heroínas secretas. Aquelas personagens que amamos e queremos para a nossa vida real, sempre é assim, me apaixono fácil demais. Ela é uma mulher espetacular, digna de Oscar, e tudo mais. No dia em que Anna se suicida, Joachin, seu filho, autista, desaparece sem deixar rastros.

“A morte é o verdadeiro elixir da vida eterna! Elixir que todos nós deveremos provar, sem exceções!”

Imaginem o desespero da mulher ao perder a irmã e o filho que tanto amava? Sem contar que ter um filho autista significa ter trabalho em dobro para cuidar de seu filho. Até me arrisco a dizer que Anna era uma mulher muito poderosa, ela trabalhava em um projeto muito perigoso, o DreamGame, que permite a pessoa jogar enquanto dorme. Vejam até onde a nossa ficção brasileira chegou, se eu não conhecesse Chico Anes, apostaria que o livro era um Best seller daqueles, que vendem como água. Preciso dizer que o livro é perfeito?

“Os laboratórios de sonho da Yume excediam em muito tudo o que Eva tinha imaginado.
No lugar dos polígrafos para riscar, em metros e metros de papel, para as ondas cerebrais, os movimentos dos olhos e as tensões musculares – três registros necessários a qualquer avaliação científica das fases do sono – havia equipamentos que projetavam as medições em feixes em 3D.”

Eva é convidada a continuar o trabalho de sua irmã Anna, dentro da Yume, como e a única pista que Eva tem de seu filho, porque não aceitar? Um trabalho muito perigoso, mas que trará a Eva respostar que ela precisa. O livro trata de sonhos lúcidos, um assunto discutido no mundo inteiro que somente Chico Anes conseguiu escrever algo tão belo sobre o assunto.

“Apagou a lanterna, fechou o diário e o deixou no chão.
A falta de luz a impedia de distinguir qualquer objeto. Gostava de dormir na completa escuridão, a tela perfeita para pintar os sonhos.”

O Sonho de Eva é um livro cheio de aventura, romance, suspense e toda a fórmula que um bom livro exige para prender o leitor do início ao fim, sem mais delongas. A nossa literatura nacional está cada vez mais rica, com autores como Chico Anes. E aí, será que rola continuação?

Título: O Sonho de Eva
Autor: Chico Anes
Editora: Novo Conceito – Novas Páginas
Páginas: 304




3 comentários

  1. Nossa eu adorei esse livro, dei 4 estrelinhas, porque achei o final um pouquinho previsível, sei lá, adoraria uma continuação :D


    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Os trechos citados do livro, mostra que trata-se de um enredo inteligente. Que situação delicada essa, não? Perder a irmã e o filho autista. Sem ter lido, consigo sentir o desespero da mulher. Adorei o fato de ser um livro escrito por um brasileiro, aqui na minha cidade ainda, São Paulo. Interessante abordar um tema tão atual, a tecnologia, de forma tão inovadora.

    ResponderExcluir
  3. Já tinha lido uma outra resenha a respeito desse livro e também foi super positiva , é nessas horas que eu me pergunto : porque eu não comprei ainda , porque ????

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Deixe seu comentário e se houver necessidade responderemos pelo seu e-mail ou aqui mesmo. Obrigada pela visita.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...