[RESENHA] O menino do pijama listrado - John Boyne





Bruno tem nove anos e não sabe nada sobre o Holocausto e a Solução Final contra os Judeus. Também não faz ideia de que seu país está em guerra com boa parte da Europa, e muito menos de que sua família está envolvida no conflito. Na verdade, Bruno sabe apenas que foi obrigado a abandonar a espaçosa casa em que vivia em Berlim e mudar-se para uma região desolada, onde ele não tem ninguém para brincar nem nada para fazer. Da janela do quarto, Bruno pode ver uma cerca, e, para além dela, centenas de pessoas de pijama, que sempre o deixam com um frio na barriga. Em uma de suas andanças Bruno conhece Shmuel, um garoto do outro lado da cerca que curiosamente nasceu no mesmo dia que ele. Conforme a amizade dos dois se intensifica, Bruno vai aos poucos tentando elucidar o mistério que ronda as atividades de seu pai. "O Menino do Pijama Listrado" é uma fábula sobre amizade em tempos de guerra, e sobre o que acontece quando a inocência é colocada diante de um monstro terrível e inimaginável.


"Não torne as coisas piores, pensando que dói mais do que você realmente está sentindo."


Alguns livros eu li em função dos seus filmes, e este foi um deles, e não me arrependi.
O menino do pijama listrado se passa em um período histórico pelo qual eu sou fascinada, Segunda Guerra Mundial. Conta a história de Bruno, um menino alemão filho de um homem que era um general nazista, e que se muda da capital, Berlin, para uma casa que fica próxima ao campo de concentração, e em uma das brincadeiras, ele acaba conhecendo um  menino judeu que usava roupas que lembravam pijamas,
O protagonista é o Bruno e através de seus olhos navegamos na história. A princípio o achei muito inocente e meio preconceituoso, além de possuir atitudes pouco certas, mas no fim conclui que ele era apenas o fruto de uma sociedade que o criou para ser assim.
O pai de Bruno me fez navegar numa mente de um homem cruel e nazista, me fazendo ter outra percepção deste período histórico, algo além de um livro de história.
Meu personagem favorito foi o Shmuel, ele é tão bom, inocente, me deu dor no coração por todos os milhares de judeus que morreram naquele período.
Mas no fim o grande personagem desta história é a pura e enorme amizade entre esses dois meninos, que estavam selados a ser inimigos numa determinada sociedade e romperam isso com a inocência infantil.
O fim é triste, e me trouxe lágrimas aos olhos, mas valeu apena. Apesar do principio do livro ter uma narração pouco cativante, aos poucos você se vê dentro da sociedade alemã durante aquela guerra.
Este livro mudou minha visão da guerra, porque ao terminar de ler você se pergunta se aquilo realmente pode ter acontecido.
Sobre a parte técnica, a capa é linda, e a organização em páginas amareladas e ausência de erros, tornam a leitura mais agradável.

Sobre o filme, ele é igualmente bom e emocionante. Mas não tanto quando o livro.



Titulo: O Menino do Pijama Listrado
Autor: John Boyne
Selo: Cia das Letras
Páginas: 192


5 comentários

  1. Ainda não li esse livro, e não gosto muito do periodo em que ele se passa, diferente de vcê. Mas tenho vontade de lê-lo pelos comentários como o seu, que dizem que o livro é otimo e o final triste, mas satisfatório!

    ResponderExcluir
  2. Eu gostei do final, muito emocionante!
    Dê uma chance ao livro, você pode gostar demais!

    ResponderExcluir
  3. É tão complicado pra mim poder falar sobre esse livro. Porque diferente de todos os outros que o leram, eu não senti nada com ele. Não sei foi a narrativa tão simples e ingênua, ou o período que eu estava passando quando li... Só sei que não me agradou em um todo, embora eu consiga reconhecer TODOS os pontos altos do livro e ver a beleza dele, eu simplesmente não consigo sentir ela. Mas deixando de falar sobre o livro em si e falando sobre a sua resenha, achei ela muito boa e condizente com o livro. Interessante que ao ler o que tu escreveu me vi transportada para o dia, há muito tempo atrás, em que li O Menina do Pijama Listrado. Parabéns pela resenha, ela é de ótima qualidade! :)

    Att.,
    Eduarda Henker
    http://blogsomaisum.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Agradeço a tamanho elogio, não sabe o quanto me faz bem.
    Viu o filme? Com ele você com certeza será tocada.
    Obrigada novamente,
    Ana.

    ResponderExcluir
  5. Sem palavras sobre "O" Livro, amei mesmo! Já havia assistido ao filme, mas depois que peguei o livro fui sentindo a emoção da leitura me comover a cada capitulo lido .... fantástico como mexe com as nossas emoções .. ao mesmo tempo que você vai lendo você vai temendo pelo fim..... Sem Palavras.

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Deixe seu comentário e se houver necessidade responderemos pelo seu e-mail ou aqui mesmo. Obrigada pela visita.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...