[RESENHA] Lições de Vida - Anne Tyler



Uma viagem inesperada aos sentimentos há muito esquecidos...



Maggie Moran e seu marido são comuns, até um pouco tediosos. E é esse realismo que torna esta história tão eficaz e comovente... Começa em um dia de verão, quando Maggie e Ira viajam de Baltimore para a Pensilvânia para um funeral. Maggie é impetuosa, desastrada, desajeitada, propensa a acidentes e tagarela. Ira é reservado, preciso, respeitável, tem uma mania irritante de assobiar músicas que traem seus pensamentos mais profundos e acha que sua esposa transforma os fatos de maneira que se encaixem na sua opinião sobre as pessoas que ama.
Ambos sentem que seus filhos são estranhos, que a cultura das novas gerações está indo por água abaixo e que, de alguma forma, se enganaram com essa sociedade cujos valores não reconhecem mais. Mas esta viagem vai levá-los a refletir sobre estas angústias, e vai mostrá-los como é importante reavaliar seus sentimentos.

Todos sabem como eu adoro livros com o tema vida. Amo um bom drama cheio de lindas lições, porém esse em especial não foi tão interessante como eu imaginava. Faz tanto tempo que não falo no blog que eu não curti muito um livro que estou até sem saber como começar rs.

O livro conta a história de vida do casal Maggie e Ira. Ambos são pessoas comuns, tranquilos e com suas vidinhas pacatas, tiveram dois filhos já crescidinhos.


''Ah, Ira - ela disse, jogando-se ao lado dele-, oque vamos fazer com o resto de nossas vidas? 
(...)
- Venha cá, benzinho - ele disse, acomodando-a a seu lado.''


Ira é meio enigmático, ele chega a narrar um pequeno pedaço da história, mas mesmo vendo as coisas por seu angulo, eu ainda não consegui me simpatizar com ele. 
Uma pessoa muito séria, cheia de si, acha sempre estar com a razão (tudo bem que as vezes ele tem razão) mas ele é tão...tão...tão...irritante! 

Eu me identifiquei mais com Maggie, não que sejamos parecida, ela é muito mais sentimental do que eu, mas ela é muito verdadeira. Ela vive cometendo erros, mas por tentar ajudar as pessoas. Ela acha que seu filho Jesse e sua ex nora (mãe de sua neta) ainda são apaixonados. E quando pensa ter ouvido no rádio a voz de Fiona dizendo que vai se casar novamente pra ter segurança já que da primeira vez por amor não deu certo. Maggie começa a refletir sobre quanto tempo tem que ela não vê sua neta, como foi que todos se afastaram tanto assim? E porque duas pessoas que se amam vão desperdiçar um grande amor desse modo? Por puro orgulho e teimosia...

Após ir num velório um pouco desastroso ela simplesmente decide ir visitar Fiona e sua neta Leroy e quem sabe, agora as coisas podem ser diferentes.
Eu gostei desse jeito dela, pensando com o coração, tudo bem que ela se ferra muita vezes, mas ela tenta! Poxa, o que tem de gente que simplesmente desiste das pessoas e fica vendo a vida passar.

Tem um outro personagem que gostei bastante, o Sr. Otis, um homem de idade do interior que não deveria mais estar dirigindo, e num momento de descuido quase tira da pista o carro de Ira e Maggie. Com raiva dele, Ira alcança o carro e Maggie grita para ele que o pneu está solto, mas ai quando percebe que se tratava de um idoso, ele já estava parado na pista desesperado com a roda. Foi muito engraçado todos tentando convencer o Sr. Otis que era mentira sobre a roda. Acabaram foi tendo que dar uma carona para ele.

Sr. Otis é muito engaçado, ele já é casado a muitos anos, mas vive brigando com sua mulher, cada hora um sai de casa, mas na verdade ele explica que são felizes assim, e que no asilo um dia, terá muitas lembranças de boas brigas para ficar recordando.


''Poxa, a gente se divertiu muito. A gente era um casal que botava para quebrar, sempre juntinho eu vou dizer. É uma coisa para se pensar na casa de repouso''


No começo da resenha eu disse que não gostei muito do livro, certo? Antes que analisando melhor a história eu acabe decidindo que adorei e perca o propósito de estar fazendo a resenha sobre um livro que não curti rs, vou me explicar logo.

A história em si é um pouco monótona, tem longas passagens onde os personagens voltam no tempo e contam sobre suas vidas, como se conheceram, o casamento, os filhos. Tem partes muito interessantes, mas num todo é meio lento, quem não é acostumado com esse tipo de leitura vai achar enfadonha. Claro que gosto é algo muito particular, qualquer um pode ler e achar o máximo a história. Acredito que por eu não ser mãe, nem ser casada não consigo me identificar muito. Mas creio que para pessoas que vivenciam ou vivenciaram essa realidade, será muito mais proveitosa a leitura.

E confesso que não gostei do final, ainda estou refletindo sobre ele, mas parece aqueles livros em que o final da a impressão de que o autor se cansou no meio da escrita e parou do nada, sem resolver as coisas. Eu fiquei pensando, ''e agora?''

Não foi um livro ruim, mas eu simplesmente não me identifiquei, recomendo a leitura para que cada um tire suas próprias conclusões =)


Autores: Anne Tyler

Titulo: Lições de Vida
ISBN: 9788581632247
Selo: NOVO CONCEITO 
Ano: 2013
Páginas: 368



                 
                                                          Beijos
                                                                           Nita



4 comentários

  1. Não é um livro que me chamou a atenção, acho que pelo tipo da estória não fiquei interessada, mas talvez vale a pena dar uma chance para conhecer. Ficou ótima sua resenha, me fez pensar em procurar o livro para ler futuramente :D

    Bjs

    Da Imaginação a Escrita

    ResponderExcluir
  2. Oi Nita!

    Eu não gostei do primeiro livro de Anne Tyler (quer dizer, não achei nada de mais) e por isso não solicitei este lançamento. Pelo que li na resenha, a estrutura dos livros é muito semelhante e não ando no momento de leituras mais arrastadas (A Hospedeira me ocupou toda paciência).Mesmo assim, acho muito válido compartilhar a opinião, mesmo que não seja positiva.

    Beijão =*
    Nine | Estante da Nine

    ResponderExcluir
  3. Olá Nita,

    Eu li da mesma autora O Começo do Adeus, simplesmente detestei o livro e acredito, pelo que você já expôs em sua resenha que Lições de Vida irá pelo mesmo rumo: enfadonho, chato, maçante.

    Se eu tiver a oportunidade lerei, pois quero saber se realmente não gosto, tipo não gosto de julgar um autor apenas por um livro, então se o segundo livro não me agradar desisto do autor, a não ser que sura outro livro dele muito bem falado, aí ei poderia pensar em navegar pelas páginas.

    Abraços,
    Camila Márcia
    @camila_marcia
    De Livro em Livro
    Devaneios Fugazes

    ResponderExcluir
  4. e um livro encantador... ne um unico dia se passa uma vida inteira

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Deixe seu comentário e se houver necessidade responderemos pelo seu e-mail ou aqui mesmo. Obrigada pela visita.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...