[RESENHA] P.S Eu te amo - Cecelia Ahern

P.S.  Eu Te Amo

"Compartilhamos alguns lindos momentos juntos e você fez minha vida. Não tenho arrependimentos. Mas sou somente um capítulo em sua vida, haverá muitos mais. Guarde nossas maravilhosas lembranças, mas, por favor, não tenha medo de construir mais algumas...  P.S Eu te amo.''



Hoje eu lhes apresento a história de amor que transcende o tempo, ultrapassa  barreiras, e é capaz de mudar vidas e nem mesmo a morte tem forças para derrota-lo.

Seu nome é Gerry, um charmoso irlandês extremamente apaixonado por sua esposa, um homem capaz de fazer tudo por ela, cheio de alegria no coração ele faz da graça e do amor seu alimento na vida.
Holly é uma mulher muito feliz, tem um marido maravilhoso por quem é completamente apaixonada, tem os melhores amigos que alguém poderia desejar, mas apesar disso tudo, ela ainda tem algumas crises de histeria por motivos cada vez mais fúteis, mas nada grave, na maioria das vezes isso apenas diverti Garry.
Mas como dizem, e eu cada vez mais creio, a felicidade deve ter seus limites, e qualquer um que desequilibre a balança acaba por ser penalizado.
Todos descobrem que Gerry esta com tumor no cérebro, e apesar de todos os esforços é um tumor maligno.

Com a morte de Gerry não é difícil deduzir o caco que ficou sua esposa, chorar, gritar, comer chocolates e ouvir músicas melosas, não foram o bastante para ajudar Holly a superar esse momento, mas ninguém a conhece melhor que seu marido, por isso antes de falecer ele escreve cartas para ela, com instruções de todos os tipos, como troque de roupa, saia com as amigas, entre tantas outras. Todas as cartas terminam com um sentido e lindo ''P.S Eu te amo''. chorando  

Mesmo após deixar a vida terrena, Gerry continua com Holly e ensina a ela como sobreviver sem ele, como levar um dia após o outro, como guardar esse enorme amor no peito e se abrir para a vida.
Seguindo os passos das cartas a risca ela viaja para a Irlanda, e junto de Gerry revive sua história de amor, e nós leitores temos a sorte de acompanha-la nesta linda viajem intercalada entre o presente e o passado, e assim conhecemos a história desse apaixonados desde o inicio ao fim.

Eu diria que esse livro é uma mistura de Nicholas Sparks e suas emocionantes tragédias, com o tocante James Peterson em ''O Diário de Suzana para Nicolas'' e um pouquinho de Danielle Steel com seus contos de fadas modernos. De uma forma ou de outra caros leitores, esse livro vai acabar com o estoque de lenços da sua casa.

Quem ai não viu o filme baseado nesse livro e não amou? Todos? Imaginei, pois se como eu, vocês não podem nem lembrar do filme sem cair uma lagriminha, acreditem, o livro é ainda melhor. 
Dizer que é bonito, emocionante, é pouco para ele, é desmerecer a obra. Esse romance é simplesmente apaixonante, surreal e incrivelmente cheio de fé.
Eu adoro o fato de ensinar tanto a Holly, como a nós, a sobreviver as perdas, que apesar de ser terrivelmente doloroso, no fim vamos sobreviver, e quem sabe ter uma nova chance para amar, pois as pessoas que amamos estarão sempre conosco em nossos corações.

Que tal galera chorar um pouco agora mesmo? Para deixar um gostinho de quero mais, aqui vai a primeira e emocionante carta de amor.


Minha querida Holly

Não sei onde você está ou exatamente quando vai ler isto. Espero apenas que minha carta a encontre segura e com saúde. Você me segredou, não muito tempo atrás, que não poderia prosseguir sozinha. Você pode, Holly


 Você é forte e corajosa e vai conseguir passar por isto. Compartilhamos alguns lindos momentos juntos e você fez minha vida... Não tenho arrependimentos. Mas sou somente um capítulo em sua vida, haverá muitos mais. Guarde nossas maravilhosas lembranças, mas, por favor, não tenha medo de construir mais algumas.
Obrigado por ter me dado a honra de ser minha mulher. Por tudo, sou eternamente grato.
Sempre que precisar de mim, saiba que estou com você.

Te amo para sempre
Seu marido e melhor amigo,
Gerry

  • A Lista
PS, prometi uma lista, então aqui está ela. Os próximos envelopes devem ser abertos exatamente quando indicado e têm de ser obedecidos. E lembre-se, eu a estou vigiando, portanto saberei...

 Holly desatou a chorar, a tristeza devastando-a. Ainda assim, ao mesmo tempo sentiu alívio; alívio porque Gerry de alguma forma continuaria a estar com ela por mais um curto intervalo. Manuseou os pequenos envelopes brancos e examinou os meses. Estavam em abril. Ela perdera março, então delicadamente selecionou o envelope correspondente. Abriu-o devagar, desejando saborear cada momento. Dentro havia um pequeno cartão com a caligrafia de Gerry. Dizia:

Evite as contusões e compre um abajur para sua cabeceira. PS, eu te amo.

As lágrimas transformaram-se em riso quando ela percebeu que seu Gerry havia voltado!



Caso tenham sobrevivido  a essa primeira carta, aqui vai o trailer do filme, pois um amor desses deve ser visto de todas as formas possíveis.








Título: P.S. Eu te Amo 
Autor: 
Cecelia Ahern
Número de páginas: 368
Editora: Novo Conceito



2 comentários

  1. Parabéns pela resenha Nita! Estou ansiosa para ler P. S. Eu Te Amo! Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Adorei a resenha, eu amor o filme ♥
    Um beeeijão,
    http://livrodagarota.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Deixe seu comentário e se houver necessidade responderemos pelo seu e-mail ou aqui mesmo. Obrigada pela visita.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...