[RESENHA] A Esperança - série ''Jogos Vorazes'' - Suzanne Collins

A Esperança


A jovem Katniss Everdeen sobreviveu aos mortais Hunger Games não apenas uma, mas duas vezes, e mesmo assim ela não tem descanso. Na verdade, os perigos parecem estar se agravando: o Presidente Snow declarou guerra contra Katniss, sua família, seus amigos, e todas as pessoas oprimidas do Distrito 12.


         A GUERRA É MAIS VORAZ
               DO QUE QUALQUER JOGO.
            HAVERÁ VENCEDOR NA LUTA
             CONTRA A CAPITAL?


Por isso me odeio por ler sagas! Um livro curto 200...300...400... Páginas que você lê se emociona e depois vem o fim. Sofrido às vezes triste mas ainda assim o fim. Mas quando se lê uma saga, uma série, com três ou mais livros, você se torna intimo dos personagens, se torna amigo, apaixonado, familiar deles, até que depois de vários livros, o autor tem simplesmente tem a audácia de dizer ''fim'' e então me vejo obrigada a dizer adeus.

Com ''Jogos Vorazes'' não ia ser diferente, me apaixonei pela Katniss, Peeta, Gale, Prim e então tive que me despedir, pelo menos o último livro fechou toda a série com chave de ouro!
Diferente dos livros anteriores ''A Esperança'' foi um livro mais estratégico, cheio de táticas. Ação mesmo vemos mais para o fim, mas não estou dizendo que é um livro ruim, muito pelo contrário, neste livro os personagens evoluem muito. Não poderíamos ter para sempre os mesmos adolescentes apavorados numa arena para lutar, todos crescem muito neste livro.

O até então desabitado distrito 13 se mostra mais na ativa do que nunca, cheios de armas, organizados e com muitas pessoas do seu lado, esses rebeldes só precisavam de uma fagulha para incendiar as pessoas dos Distritos para se juntarem a eles nessa guerra contra a Capital, e nada como uma garota ''Em chamas'' para fazer isso. Katniss com sua inusitada cena das ''amoras envenenadas'' deu a o povo a fagulha necessária para bater de frente com a Capital.

 No último livro ''Em Chamas'' Katniss se vê obrigada voltar para arena numa luta contra os ''vitoriosos'' e desta vez só um irá ganhar, mas em meio a os jogos, os rebeldes invadem a arena e levam os vitoriosos que estão a favor da revolução, mas nem todos conseguem ser resgatados, Peeta não consegue fugir com Katniss e é levado preso pelo presidente Swou. Ao acordar Katniss esta no Distrito 13, descobrindo ser o símbolo dos rebeldes, ser o tordo que representa e ''Esperança'' de vitória contra a Capital, mas ela irá querer se tornar esse tordo? É a pergunta crescente do começo do livro, mas ela não tem outra opção, o Distrito 12, sua casa foram destruídos, Peeta esta sequestrado e de acordo com todos, a morte será o melhor para ele, Gale virou um guerreiro do exercito, sua mãe e Prim ajudam os  feridos no hospital, voltar atrás e deixar tudo como antes é impossível, e essa guerra é tudo que ela tem.


 “Direi a eles como sobrevivo aos pesadelos. Direi a eles que nas manhãs desagradáveis, é impossível sentir prazer em qualquer coisa que seja, porque temo que essa coisa me possa ser tirada. É quando faço uma lista em minha cabeça com todos os atos de bondade que vi alguém realizando. É como um jogo. Repetitivo. Até um pouco entediante depois de tanto tempo. Mas há jogos muito piores do que esse.”


Ao assumir ser o tordo ela toma a frente com os outros na guerra, mas luta mesmo, vemos só no fim do livro, mas há muito jogo de palavras neste livro, conhecemos muitos personagens, os vitoriosos nos são apresentados e descobrimos que os vencedores dos jogos não tiveram uma vida muito boa, ao vencer eles viraram escravos da Capital fazendo tudo que o presidente mandava e muitos perderam suas famílias por isso.

As mortes neste livro tanto como nos outros nos é mostrada de forma nua e crua, tem que ter sangue quente, tem momentos em que a própria Katniss fala que é melhor não pensar em quem morreu, pois se parar e olhar para trás ela desaba, e é assim com nós leitores também, pois é tudo muito rápido, estamos felizes com um personagem e de repente alguém atira uma faca, um tiro, uma bomba, e nem da tempo de lamentarmos pois Katniss tem que correr ou será a próxima.

Para as amantes de Peeta (como eu) neste livro, ele demora um pouco para aparecer, pois está sequestrado, mas quando retorna o garoto bonzinho, que só vê o bem das pessoas, desaparece! Para começar ele se volta contra Katniss e quer mata-la, tudo isso devido às mudanças que fizeram em suas memórias durante o sequestro, e a parte mais legal nisso é a Kat brava por que ele não achar mais, ela a pessoa mais maravilhosa do mundo.

Já para as amantes do Gale (tb adoro ele) Ele aparece quase todo tempo, podemos ver muito dele, digamos que é seu momento de brilhar e ao mesmo tempo este é o momento mais decisivo, ele tenta conquistar sua amada, mas um acontecimento muda tudo...

Vemos muito nesse livro os ''traumas de guerra'' quase todos os personagens ficam com sequelas de tantos sofrimentos e tantas batalhas, nem parecem ter 17...18..20 anos e sim ser velhos soldados de mais de 50 anos. Temos muitos sofrimentos neste novo capitulo da vida deles, como sabemos na guerra os lados se confundem, ninguém esta realmente certo e os amigos podem virar seu mais terrível inimigo e é assim neste turbilhão de coisa que Katnnis enfrenta sua maior arena onde os adversários vão desde o inimigo a muito conhecido, como seus próprios aliados tendo de tentar manter sua família, seu melhor amigo e talvez o garoto que pode ser aquele a quem ela sempre amou.


Ler este livro foi como um jogo, teve momentos de excitação, ansiedade, medo e muita adrenalina, conforme presenciamos os ''Jogos Vorazes'' pensamos que este é o pior dos jogos que poderiam existir, mas como diz a Katniss existem jogos piores...

''- Acordo de pesadelos com bastantes crianças perdidas.
Mas seus braços estão lá para me consolar. E por fim, sua boca. Na noite em que sinto aquela coisa novamente, a ânsia que tomou conta de mim na praia, sei isso teria acontecido de um jeito ou de outro. Que aquilo de que necessito para sobreviver não é o fogo de Gale, aceso com raiva e ódio. Eu mesma tenho fogo suficiente. Necessito é do dente-de-leão na primavera. Do amarelo vívido que significa renascimento em vez de destruição. Da promessa de que a vida pode prosseguir, independentemente do quão insuportáveis foram as nossas perdas. Que ela pode voltar a ser boa. E somente Peeta pode me dar isso. Então, depois, quando ele sussurra: - Você me ama. Verdadeiro ou falso? - Eu digo a ele: - Verdadeiro.''


Titulo: A Esperança
 Autor: Suzanne Collins
Editora: Rocco Jovens Leitores
 Ano: 2011
 ISBN: 978-85-7980-086-3 
 Trilogia: The Hunger Games
 Páginas: 421



18 comentários

  1. O...O Qndo será que sai os filmes ?

    ResponderExcluir
  2. Fiquei frustada com o final... pareceu que Gale nao era importante para ela... nao me convenceu!! Arrasada!!

    ResponderExcluir
  3. CUIDADO, SPOILERS. Achei ridiculo o livro 3. 1° ela mata quase todo mundo(inclusive os favoritos como Cinna(no livro 2), Finnick e Prim). 2° Katniss teria entrado nos jogos para salvar Prim e depois ela morre!?!? 3° Gale fica em cima dela durante a saga inteira e no final "desiste" e vai embora para o distrito 2. 4° O que aconteceu com Twin e Bonnie? Em "em chamas" Suzanne cria toda uma conspiração em relação ao distrito 13 e isso não seria possivel sem Twin e Bonnie e ela simplesmente as mata com se elas não tivessem existido. 5° A morte tão esperada do Presidente Snow não é bem explicada e é fraca demais para um personagem que merecia muito mais do que Finnick por exemplo que a ajuda durante os ultimos dois livros e tem sua cabeça arrancada. Por fim, durante todos os livros Katniss fala sobre como os jogos são doentios e horriveis porém depois vota para que eles continuem a existir... sinceramente... a tia Suzz ramelou nesse.

    ResponderExcluir
  4. Well ... como todas as trilogias, o final nunca é o que esperamos. Ainda sou a favor da historica frase de highlander: "Só pode haver um ..."

    ResponderExcluir
  5. Primeiramente, fica nítido o descontentamento daqueles que estão acostumados a ler sagas do estilo teen ou algo do gênero. As discussões que a autora traz neste último livro são sensacionais, assim como a forma como ela disseca suas personagens, mostrando as várias faces que elas possuem, tudo isso com muito cuidado e realismo. O final não é como muitos esperam, mas com certeza é coerente com o debate acerca da natureza humana. Foi brilhante, sem mais. Também senti falta de uma descrição mais detalhada sobre a morte de Snow ou sobre o futuro de outras personagens, como Johanna Mason, mas isso não ofuscou o enredo. Collins conseguiu levar a história para um lado mais político e inteligente, mostrando ser uma brisa fresca no meio de tantas modinhas clichês. E sobre Katniss ter votado a favor de uma nova edição dos jogos, isso só evidenciou como a guerra a transformou, afinal, depois de todo o sofrimento, não existe pessoa que permanece fiel a tantos valores ou que permanece com ideias incontestáveis.

    ResponderExcluir
  6. Katiniss só disse SIM para novos jogos, pois seria a única chance de ter acesso a Coin, ao vivo, em sua mira. Ela jamais iria ter outra oportunidade de mostrar a verdade ao povo e tentar acabar de uma vez com o espetáculo que trocaria apenas de presidência, mas a tirania e babarie seriam as mesmas.

    ResponderExcluir
  7. Eu também, depois de ler os livros (li tudo num intervalo de 5 dias para acentuar a coisa...) fiquei me sentindo mal, quando descobri o motivo. Era se como até aquele momento tudo q acontecesse na vida do Peeta e da Katniss eu pudesse saber, mas de repente vem um epilogo e o fim. Como se amigos q eu tivesses feitos simplesmente morressem. Foi difícil, eu fiquei realmente triste no dia depois q acabei o livro, remexendo na minha cabeça como agora eu nunca mais ia saber o q acontece na vida deles (Peeta e Katniss). Um adeus, que eu sabia q ia acontecer, mas não esperava que fosse tão difícil =( . Me achei um idiota ficando com tanta tristeza por causa de um livro, mas percebo q não estou sozinho. Muito bom o seu texto/resenha. Obrigado =).

    ResponderExcluir
  8. Que fofo!!! Muito obrigada por esse comentário... Me senti muito desolada com o final da saga, ainda bem que agora temos os filmes para ajudar. \\O


    E fique tranquilo, não está sozinho!!! Somos muitos os tributos amantes da trilogia. ^^

    ResponderExcluir
  9. Belo comentário, me fez refletir sobre alguns pontos. Mas acredito que a Katniss estava revoltada e meio fora de si no final, perder a irmã que foi o motivo para tudo isso, toda revolta, tudo que ela passou.... Foi D+ para ela, acredito que se sentiu tipo '' que tudo vá para o inferno!'' e por isso em um momento de loucura votou a favor.


    Eu adorei, ainda que com muitas mortes, foi o tipo de livro que te marca. ^^


    Obrigada por comentar!

    ResponderExcluir
  10. Katniss tem quase certeza de que Gale foi o criador da armadilha que matou prim , armadilha que ela inclusive ja tinha achado covarde antes. Durante os livros, aos olhos de Katniss, Gale vai mostrando seu lado pior e Peeta so vai melhorando. Gale apenas percebe que eles não têm chance de ficar juntos e então parece realmente desistir.

    ResponderExcluir
  11. no livro 3 Gale fala que katniss vai ficar com aquele que ela pensar que precisa para viver e ela até se sente ofendida mas no final do livro ela acaba pensando como precisa de peeta " dente de leão"e não do fogo de Gale...então ela confirma que o ama.

    ResponderExcluir
  12. achei o final perfeito...além de focar no que é realmente importante deixou a porta aberta para outros livros se a autora assim decidir

    ResponderExcluir
  13. SPOILERS SPOILERS SPOILERS SPOILERS
    Não leu o livro ainda? Então não leia o comentário a seguir...

    QUE BOM QUE EU NÃO ESTOU FICANDO LOUCA HEHEHEHEH,
    Nossa eu sou uma “leitora compulsiva ”, li os três livros em cerca de 1 semana, sendo que o ultimo em 24h, eu simplesmente devorei o livro sem nem mesmo mastigá-lo, na ânsia desesperada de que na próxima linha, no próximo parágrafo, no próximo capitulo que fosse, algo acabasse simplesmente fazendo algum sentido, mas não, estou me sentindo no mínimo frustrada.... Nada nessa porcaria desse livro faz sentido, nem mesmo as conspirações que ela vai desenrolando através das paginas, estou por exemplo, ate agora ruminando a parte em que o Boggs manda ela seguir em frente sozinha e se livrar de todos, mas tudo o que todos fazem é se manter fieis a ela no final das contas, então porque aquela fala, tudo que ele queria era realmente acabar de aniquilá-la, sendo que ele era uma das únicas pessoas que ela confiava , logo depois de dar o holo a ela???? Teve uma parte do livro que fiquei tão paranóica que comecei a achar que ate o gato era uma espécie de bestante/câmera/ gravador que apareceu naquela casa só para ela levá-lo direto para dentro do 13 apenas para que eles pudessem coletar informações....NADA FEZ SENTIDO EM NENHUM MOMENTO estou FRUSTRADA....não me importo muito com o final que o livro acabou tendo afinal a vida não é bonitinha mesmo, mas alguém em explica o que foi feito dos personagens? O que aconteceu com o Haymitch POR EXEMPLO??? Ficou vago, vazio sem explicação, Gale arrumou apenas um emprego bacaninha???? Qual o destino dos outros tributos? E a família do prefeito então, revoltante..... Nem a morte do Cinna é explicada, e o desfecho dela com o Peeta, ele me convenceu depois de 5 10 15 anos..... quando foi que ela cedeu a maternidade a final??? e depois a louca da autora ainda me fecha o livro com um desgraçado de um verdadeiro ou falso...

    TENHO APENAS UMA COISA A DIZER:

    O TERCEIRO LIVRO É UM GRANDE VAZIO, E ME DEIXOU COM UMA SENSAÇÃO DE VAZIO POR DENTRO TAMBÉM....

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Deixe seu comentário e se houver necessidade responderemos pelo seu e-mail ou aqui mesmo. Obrigada pela visita.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...