[Resenha] Perdido em Marte - Andy Weir


| Autor: Andy Weir | Selo: Arqueiro | Páginas: 336 | ISBN: 9788580413359Skoob | Comprar |
  
Há seis dias, o astronauta Mark Watney se tornou a décima sétima pessoa a pisar em Marte. E, provavelmente, será a primeira a morrer no planeta vermelho.
Depois de uma forte tempestade de areia, a missão Ares 3 é abortada e a
tripulação vai embora, certa de que Mark morreu em um terrível acidente.
Ao despertar, ele se vê completamente sozinho, ferido e sem ter como avisar às pessoas na Terra que está vivo. E, mesmo que conseguisse se comunicar, seus mantimentos terminariam anos antes da chegada de um possível resgate.
Ainda assim, Mark não está disposto a desistir. Munido de nada além de curiosidade e de suas habilidades de engenheiro e botânico e um senso de humor inabalável, ele embarca numa luta obstinada pela sobrevivência.
Para isso, será o primeiro homem a plantar batatas em Marte e, usando uma genial mistura de cálculos e fita adesiva, vai elaborar um plano para
entrar em contato com a Nasa e, quem sabe, sair vivo de lá.
Com um forte embasamento científico real e moderno, Perdido em Marte é um suspense memorável e divertido, impulsionado por uma trama que não para de surpreender o leitor. Skoob
Já tem um tempinho que recebi esse livro da editora, e comecei a ler imediatamente, pois me amarro numa ficção científica, ainda mais quando cheira aventura espacial das boas. Mas não foi tão fácil quanto eu pensava e vou me explicar a seguir.

Mark Watney é um personagem incrível, inteligente, espirituoso, e um tanto quanto macabro em certas situações, mas sempre hilário. Isso o ajudou muito, afinal ele estava perdido em Marte não é mesmo? O que teria de engraçado nisso? Mas ele, simplesmente, conseguia fazer piada de tudo. Isso tornou a leitura leve, leve.
[8:31] JPL: Ótimo, mantenha-nos informados sobre problemas mecânicos ou eletrônicos. A propósito, o nome da sonda que estamos enviando é Íris. É o nome da deusa grega que viajou aos céus com a velocidade do vento. Também é a deusa do arco-íris.
[8:47] WATNEY: Sonda gay vindo me salvar. Entendi.
A situação que ele estava passando era desesperadora. Depois que a missão Ares 3 foi abortada devido a uma tempestade de areia, a tripulação o largou em Marte, pois pensaram que ele estaria morto. Então, desde esse dia, Mark tentaria sobreviver a Marte a todo custo, usando todas suas habilidades e muita, muita sorte. Não parece uma super aventura?

Então a narrativa vai ficando cada vez mais densa, técnica, e muitas vezes totalmente incompreensível. São tantas suposições, fórmulas e estatísticas que dá vontade de ir saltando até chegar á parte legal. Mas daí vem o problema, se você não ler “tim-tim por tim-tim” não irá entender nada. Então o processo foi lento, lia, relia, avançava, voltava e me perdia. Um ciclo sofrido.

(...)14 litros de O2líquido, 14 litros de N2líquido. Suporte à vida: Oxigenador e regulador atmosférico: 418 horas de filtros de CO2 descartáveis para emergências.
Conversa de Químico
 - Isto significa que há um ponto no código de base no qual os bytes são analisados. Podemos inserir um código minúsculo, apenas instruções, para escrever os bytes analisados para o arquivo de registro antes de verificar sua validade.
Conversa de Técnico em Informática

O Mark na verdade era um MacGyver, nível master, perdido em Marte. Conseguiu transformar a composição da terra morta e seca de Marte em uma terra fértil a ponto de cultivar batatas (incrível isso!). Produziu água a partir das moléculas e costura, cola, liga, desliga, cria e destrói usando um grampo de cabelo (Ah não, esse é o MacGyver!). Mas basicamente é isso. Ele foi “O cara” que fez tudo isso em Marte.

Não posso dizer que não gostei do livro, só penso que uma história sem tantas explicações científicas teria me atraído mais. São tantas siglas que pensei em fazer um glossário para conseguir entender. CERO, AEV, VAM etc.

A narrativa, às vezes em primeira pessoa na forma de diário do Mark, às vezes em terceira pessoa quando narra passagens em tempo real na Terra, deixa o livro com cara de filme, e bem que daria um ótimo enredo. Com certeza eu iria assistir, assim entenderia melhor algumas situações que o Mark passou.

Torci pelo Mark o tempo todo, sofri com ele e tive muito medo em algumas situações surreais que ele passou. Mas também me diverti com sua com sua leveza de espírito. Quem em sã consciência já não teria pirado em seu lugar?

A capa é lindíssima, bem com cara de Marte mesmo, com um astronauta andando em um mundo de solo vermelho, perdido no meio de uma tempestade de areia. Textura aveludada, o que aprendi a gostar, pois não escorrega da mão com facilidade.

Recomendo para qualquer um que curta (muito mesmo) ficção científica intensa, ou deseje muito ser astronauta quando crescer. Eu mesma sonhava com isso, ainda bem que desisti. Não sobreviveria em Marte.

Confiram uma entrevista sobre o livro “The Martian” com o autor Andy Weir, link.

[Resenha] Butterfly #1 - Kathryn Harvey

| Autora: Kathryn Harvey | Selo: Universo dos Livros | Páginas: 520 | ISBN: 9788579303494  Skoob Comprar |
No andar de cima de uma loja exclusivamente masculina na Rodeo Drive existe um clube privado chamado Butterfly, um espaço em que as mulheres são livres para expressar suas fantasias eróticas mais secretas. Somente as mulheres mais belas e poderosas de Beverly Hills são convidadas a entrar: Jessica, uma advogada que suspira pela época em que os homens eram machos e as mulheres satisfaziam seus prazeres; Trudie, uma construtora que quer um homem que a desafie, em todos os sentidos e sem tabus; e Linda, uma cirurgiã que usa máscaras para desmascarar os desejos que esconde até de si mesma.  Contudo, a mais misteriosa de todas as mulheres é a que criou o Butterfly. Ela mudou o nome, o sotaque, até mesmo o rosto para esconder sua verdadeira identidade. E agora está prestes a revelar seu passado para concretizar a obsessão secreta que a levará além do êxtase...

Devo começar dizendo que Butterfly não foi nada do que eu esperava. Pela capa e sinopse eu estava crente que se trataria de um romance erótico, estava até receosa de ler, ainda bem que arrisquei, mesmo sendo considerado um livro erótico, a obra da Kathryn Harvey é muito mais melhor do que eu poderia esperar. Butterfly foi uma das minhas melhores leituras de 2014!

Butterfly tem vários personagens, ele narra a estória, contando um pouco do dia a dia de 4 mulheres que têm suas vidas conectadas por um lugar em comum. Vemos o amadurecimento de cada uma. São mulheres fortes, independentes, algumas com traumas e outras que deixam ser guiadas pela sede de vingança, todas sentem falta de algo nas suas vidas pessoais.

Butterfly é um elitizado e exclusivo clube de sexo, onde suas afiliadas conseguem satisfazer todo e qualquer sonho erótico, tendo uma equipe sempre a postos para o que precisar; muitas vão lá para realizar suas fantasias e outras, vão em busca de ajuda para superar problemas que vão muito além de algo simplesmente sexual. Detalhe, o clube só aceita mulheres como sócias.
‘‘Era uma história tão antiga quanto as rochas das montanhas: as mulheres vendendo e os homens comprando. Por que nunca era de maneira inversa?’’
Butterfly vai muito além de qualquer coisa que eu poderia escrever nessa resenha. Ao longo da leitura acompanhamos a trajetória da jovem Rachel que ama ler e que até hoje, dentre todos os livros que já li, é a protagonista que eu mais vi sofrer e que mais se superou, refleti muito com ela. Acompanhamos a estória de outras personagens, mas a Rachel é a protagonista do livro e a estória dela é de deixar o queixo caído.

Eu não posso falar muito sobre a Rachel, pois seria um grande spoiler, vou citar algumas coisas sobre ela: ela sofreu abuso do pai e do primeiro namorado, foi forçada a se prostituir, entre outras coisas que marcaram a sua alma, mas que de forma alguma a definem, e ela deu a volta por cima, e que volta, ela realmente mostra o que a determinação de uma pessoa é capaz de fazer, mesmo que essa determinação seja por vingança; e a curiosidade de saber o desfecho dessa estória nos compele a devorar página por página. 
‘‘ – De qualquer forma, isso aconteceu há muito tempo e em um mundo que já não existe. Mas desde então, passei a depositar minha fé no dinheiro. Idolatro dinheiro, Beverly. E sempre o farei. E se você for inteligente, prestará atenção ao que lhe digo. Dinheiro é poder, Beverly. Dinheiro é a chave para a liberdade. O dinheiro permitirá que você faça tudo o que quiser. Entende o que eu digo?''
Butterfly nos apresenta uma realidade bárbara, chocante, degradante e revoltante. Tem corrupção, intriga, mistérios e planos de vinganças muito bem orquestrados (o que me lembrou um pouco o seriado Revenge, para quem gosta, fica a dica). Também vemos o que acontece com várias mulheres que tentam superar circunstâncias adversas e como elas conseguem mudar algum aspecto importante da sua realidade.

Mesmo que o clube Butterfly dê a impressão de ser um livro erótico, ele não tem muitas cenas de sexo e as que têm não são detalhadas não podendo ser comparado a 50 tons de cinzapaixão sem limites e outros livros do gênero, por exemplo. Alguns dos temas abordados foram mais fortes do que uma cena de sexo jamais seria. 
‘‘(...) E ele conhecia o poder do seu sorriso. Ele o lançava para sua congregação e eles enlouqueciam, tanto homens quanto mulheres. Todos os homens verão o que você parece ser, escreveu Maquiavel. Poucos saberão o que de fato é. As multidões são sempre impressionadas pela aparência, e o mundo é feito de multidões.’’
É impossível não sentir empatia pela maioria dos personagens e não lhes desejar o melhor. Os personagens têm características únicas e são ricamente desenvolvidos, a escrita da autora é muito boa. O final, ao meu ponto de vista foi perfeito. Agora estou curiosa para saber o que me aguarda no segundo volume (que pelo que eu vi narrará a estória de novos personagens).

Butterfly é um livro que eu realmente recomendo para todas as mulheres, de verdade, ele faz você refletir, que você deve acima de tudo se valorizar, que você vale a pena, que tudo tem um limite e que o seu corpo é SEU, e de mais ninguém; que você pode se permitir curtir a vida, mas nunca se permita ser usada, nem permita que alguém te faça sentir inferior se você não quiser, que você é forte, que você pode mudar a sua realidade, que você pode dizer não, que você tem o poder de fazer e ser quem quiser.


[Lançamentos] Fevereiro - Arqueiro, Sextante e Saída de Emergência


Imagem


Ainda não é maio, mas a Arqueiro entra no clima dos casamentos com o Quarteto de Noivas. A série da Nora Roberts ganha um lindo box com os 4 volumes para os leitores se apaixonarem com as histórias de amor das amigas Mac, Emma, Laurel e Parker.




PARA SIR PHILLIPCOM AMOR

Imagem


Forma
Forma


Chega às livrarias Para Sir Phillip, com amor, quinto livro da série Os Bridgertons, de Julia Quinn, que tem como protagonista a simpática e tagarela Eloise. Já o misterioso autor de O inferno de Gabriel nos presenteia com O príncipe das sombras, uma introdução à sua nova série, Noites em Florença, que será lançada em breve.

“A escrita de Julia Quinn é vigorosa e cheia de energia, e ela é especialista em criar personagens inesquecíveis.”  – Publishers Weekly Eloise Bridgerton é uma jovem simpática e extrovertida, cuja forma preferida de comunicação sempre foram as cartas, nas quais sua personalidade se torna ainda mais cativante. Quando uma prima distante morre, ela decide escrever para o viúvo e oferecer as condolências. Ao ser surpreendido por um gesto tão amável vindo de uma desconhecida, Sir Phillip resolve retribuir a atenção e responder. Assim, os dois começam uma instigante troca de correspondências. Após alguns meses, uma das cartas traz uma proposta peculiar: o que Eloise acharia de passar uma temporada com Sir Phillip para os dois se conhecerem melhor e, caso se deem bem, pensarem em se casar? Ela aceita o convite, mas em pouco tempo eles se dão conta de que, ao vivo, não são bem como imaginaram.




 

Os dias já estão quentes, mas o calor vai aumentar ainda mais com Tensão, um best-seller do The New York Times que já vendeu mais de 400 mil exemplares no mundo. É a história da jovem Emily, que se muda para Nova York depois da morte de sua mãe para viver com o namorado. Lá, conhece Gavin, um empresário sexy e bem-sucedido que vai despertar nela uma ardente paixão.





Duas trilogias chegam ao fim: O duelo dos reis, a fantasia de Joe Abercrombie, é o último volume de A primeira lei, e A toda prova é o desfecho da história de Mickey Bolitar, o sobrinho do famoso protagonista de Harlan Coben, Myron Bolitar.





A Arqueiro ainda lança A rainha normanda, de Patricia Bracewell, um romance histórico baseado em acontecimentos reais registrados na Crônica Anglo-saxã e Perdas e danos, segundo livro da autora Diane Chamberlain publicado no Brasil.
Pela Saída de Emergência, a fantasia urbana Sangue mágico, de Ilona Andrews, é primeiro volume da série Kate Daniels.





Capa lindaaaaaa *-*

Um conjunto muito valioso de ilustrações de Botticelli sobre A divina comédia, de Dante Alighieri, é exposto na Galleria degli Uffizi, em Florença. O dono das peças é o famoso professor de literatura Gabriel Emerson.
Quando se deixou persuadir por sua amada esposa, Julianne, concordando em dividir com o mundo a beleza daquelas obras de arte, Gabriel jamais poderia imaginar que estaria atraindo para si um poderoso inimigo.
Mais de um século antes, aquelas mesmas ilustrações foram roubadas de seu verdadeiro dono, o Príncipe de Florença, uma criatura sobrenatural e misteriosa que governa o submundo da cidade e há muito não sabe o que é o amor.
Agora um dos seres mais perigosos da Itália está disposto a recuperar o que lhe pertence e se vingar de Gabriel e Julianne. Mas logo seus planos são frustrados. Um atentado o obriga a deixar os Emersons de lado, afinal ele precisa resolver assuntos mais importantes. Tanto seu principado quanto sua própria vida parecem estar em risco.
FormaPassado na cidade mais artística da Itália, O príncipe das sombras é uma incrível introdução à nova série de Sylvain Reynard, Noites em Florença, e vai deixar os leitores com gostinho de quero mais.







A Sextante traz uma nova edição de dois livros: O código da inteligência, de Augusto Cury, que já vendeu 24 milhões de exemplares no Brasil e é considerado o autor brasileiro mais lido na atualidade e Como reconquistar seu ex, de Paula Cassim, que foi lançado anteriormente de forma independente e rendeu aparições nos programas Mais Você e Encontro com Fátima Bernardes. Por fim, O caminho para a liberdade financeira, de Bodo Schäfer, que já vendeu mais de 3 milhões de livros no mundo, traz dicas para o leitor atrair a riqueza, aprender a poupar e fazer o dinheiro crescer.





59 estantes inovadoras!


Oieee galera! 

Achei uma matéria super interessante com 59 ideias para sua estante ser bonita e super criativa!

Separei aqui as que mais gostei, mas para quem quiser ver todas as fotos basta clicar aqui















[Caixinha de correio] Presentes da @FarolLiterário #Amei


Oieeee galera!

Espiem o que chegou de presente da Editora Farol Literário \\O 


Muito obrigada galera da Farol ♥



Marcadores *-*


Minha gatinha invadindo a caixa rs




Agenda #Adoro 


Samantha é uma jovem de 17 anos rica e popular que, depois de passar quatro dias desaparecida, retorna ferida e desmemoriada. A nova Samantha não se reconhece no retrato de menina má e mimada que todos à sua volta começam a pintar. E logo descobrirá que foi a últi ma a ver Cassie, a garota com quem mantinha uma relação confusa de amizade e rivalidade e que desapareceu no mesmo dia que ela. O que aconteceu na noite fatídica em que as duas sumiram? E por que Samantha foi a única a reaparecer? Não olhe para trás é um daqueles suspenses 


Livro novo!  Comecei a ler hoje e já estou adorando, uma história muito bem narrada!


Calendário 


Caneca #Apaixonada <3 p="">



[Caixinha de Correio] #SóCoisasBoas

Esses foram os livros que eu comprei na Black Friday *-*

 Sinopse - O Jogo Perfeito - J. Sterling 
Conta a história de dois jovens universitários, Cassie Andrews & Jack Carter. Quando Cassie percebe o olhar sedutor e insistente de Jack, o astro do beisebol em ascensão, ela sente o perigo e decide manter distância dele e de sua atitude arrogante. Mas Jack tem outras coisas em mente ... Acostumado a ser disputado pelas mulheres, faz tudo para conseguir ao menos um encontro com Cass. Porém, todas as suas investidas são tratadas com frieza. Ambos passaram por muitos desgostos, viviam prevenidos, cheios de desconfianças, antes de encontrar um ao outro, (e a si mesmos) nesta jornada afetiva que envolve amor e perdão. E criam uma conexão tão intensa que não vai apenas partir o seu coração, mas restaurá-lo, devolvendo inteiro novamente.

 Sinopse - Louco Por Você - Jasinda Wilder 
Nell e Kyle são amigos desde a infância. Sempre fizeram tudo juntos, então ela nem se lembra de quando se tornaram realmente um casal. Quando Kyle morre da forma mais repentina, o mundo de Nell é lançado em um abismo de incertezas e dor. É quando Nell conhece Colton, irmão de Kyle e até então um completo desconhecido para ela. Estranhamente, é como se Colton a conhecesse há muito tempo... é como se ele a conhecesse por dentro. Ambos passam, então, a lutar para seguir em frente da melhor maneira possível. Nell, sufocada pelo peso da culpa.Colton, lutando contra a força que o arrasta em direção a ela... Cada um à sua maneira, os dois precisam desesperadamente encontrar o sentido da cura e do perdão. Em Entre a paixão e a dor, Jasinda Wilder combina o calor do desejo com a angústia, a perda da inocência, o luto e as tentativas de recomeço. O resultado é uma viagem ao mesmo tempo sensual e melancólica que ficará gravada em sua pele muito tempo depois que esta história terminar.

Sinopse - Para Onde Ela Foi - Gayle Forman 
Meu primeiro impulso não é agarrá-la nem beijá-la. Eu só quero tocar sua bochecha, ainda corada pela apresentação desta noite. Eu quero atravessar o espaço que nos separa, medido em passos não em milhas, não em continentes, não em anos , e acariciar seu rosto com um dedo calejado. Mas eu não posso tocá-la. Esse é um privilégio que me foi tirado. Com a mesma força dramática de Se Eu Ficar, agora pela voz de Adam, Para Onde Ela Foi expõe o desalento da perda, a promessa da esperança e a chama do amor que renasce.

 Sinopse - Deixe a Neve Cair - Vários autores 
Na noite de natal, uma inesperada tempestade de neve transforma uma pequena cidade num inusitado refúgio para insuspeitos encontros românticos. Em Deixe a neve cair, bem-sucedida parceria entre três autores de grande sucesso entre os jovens, John Green, Maureen Johnson e Lauren Myracle escrevem três hilários e encantadores contos de amor, com direito a surpreendentes armadilhas do destino e beijos de tirar o fôlego. Comédia romântica com a assinatura de um dos maiores bestsellers da atualidade, o livro é o presente de Natal perfeito para os fãs de John Green e de histórias de amor e aventura.

 Sinopse - Laços de Sangue - Richelle Mead 
Sydney estava encrencada. Em sua última missão, ela tinha ajudado a dampira Rose Hathaway a escapar da prisão, e essa aliança foi considerada uma traição grave, já que vampiros e dampiros são criaturas terríveis e antinaturais, ameaças àqueles que os alquimistas devem proteger - os humanos. Com sua lealdade colocada em questão, Sydney se sente obrigada a voluntariar-se para uma tarefa nada agradável - ajudar a esconder Jill Dragomir, uma princesa vampira que está sendo perseguida por rebeldes que querem o poder. Caso ela seja capturada e assassinada, a rainha Lissa ficará sem nenhum parente vivo e, como manda a lei, terá de abdicar do trono - o que culminará numa guerra civil tão sangrenta no mundo dos vampiros que certamente afetará a humanidade. Assim, pelo bem dos humanos, Sydney aceita se disfarçar de estudante e passa a conviver diariamente com Jill e seu guardião Eddie, quando os três são matriculados como irmãos no último lugar em que qualquer um procuraria a realeza dos vampiros - a Escola Preparatória Amberwood, em Palm Springs, na Califórnia. Mas entre uma pizza e outra, entre um jogo de minigolfe e uma conversa sobre garotos, ela começa a ter a sensação de que talvez esses seres estranhos não sejam tão maus assim, principalmente Adrian, um vampiro muito próximo de Jill que desperta os sentimentos mais contraditórios - e proibidos - em Sydney...  O problema é que além de refletir sobre suas convicções e se preocupar com o seu coração, que anda acelerando mais do que deveria, a garota terá de encarar outros inconvenientes um pouco mais graves, como as tatuagens que viraram febre entre os alunos da escola e que parecem conferir poderes sobrenaturais a quem as usa. De que ingredientes elas eram feitas? Quem estaria por trás disso? Será que havia algum alquimista traidor entre eles? Caberá a Sidney resolver todos esses mistérios e garantir a paz entre os humanos antes que seja tarde demais.

  Sinopse - A Aposta - Rachel Van Dyken
Kacey deveria ter fugido assim que ouviu essas palavras do milionário Jake Titus. O amigo de infância que Kacey não via há anos é hoje um dos homens mais poderosos e cobiçados de Seattle. E ele precisa de um favor dela: que ela finja ser sua noiva em uma viagem para visitar a avó Nadine, que está muito doente. Kacey aceita sem hesitar, afinal, o que poderia acontecer em apenas quatro dias? Mas o que ela não esperava era reencontrar Travis, o irmão mais velho de Jake, Quando mais novo, ele adorava perturbar Kacey: já incendiou uma boneca, colocou uma cobra em seu saco de dormir. Por isso, recebeu dela o apelido de “Satã”. Mas depois de tantos anos, Kacey se vê diante de um homem lindo, por quem se apaixona no momento em que vê o seu sorriso. O que ela não sabe, no entanto, é que os dois irmãos haviam feito uma aposta quando eram meninos: quem se casasse com Kacey receberia um milhão de dólares. Em “A Aposta”, da autora best-seller do New York Times Rachel Van Dyken, Kacey terá que descobrir qual dos irmãos é o cara certo e fazer sua escolha. Essa é a única certeza que lhe resta.

   Sinopse - Louca Por Você - A.C. Meyer
Atenção: esse livro contém altas doses de romance, situações hilárias, garotos sensuais e o best friend gay mais maravilhoso de todos os tempos... Julie tem dois grandes sonhos: cantar profissionalmente e fazer com que Daniel a enxergue como mulher. Ele é o charmoso dono do badalado bar After Dark e se diz avesso a compromissos, sempre pronto para noitadas casuais. Em uma noite de muito movimento, o estabelecimento se vê sem um vocalista para dar continuidade à programação musical, e Julie é colocada por um dos sócios de Daniel à frente da banda para resolver o problema. Mas a voz e a presença de palco da nova cantora encantam o público... e também o atraente garanhão. Descontrolado de ciúmes, Daniel está disposto a usar toda a sua autoridade para tirar Julie dos holofotes e dar uma chance ao seu verdadeiro amor. Ele só não contava com as investidas insistentes de Alan, o sexy guitarrista da banda, que resolveu fazer de tudo para conquistar o coração da nossa mocinha. Será que o sonho de Julie finalmente vai se concretizar com Daniel ou seu verdadeiro príncipe encantado é o guitarrista sensual?

    Sinopse - Breakable - Tammara Webber
Landon Lucas Maxfield teve uma infância privilegiada, levando uma vida tranquila com os pais e tendo um futuro promissor à sua frente até que uma tragédia impensável destruiu sua família e o fez duvidar de tudo que um dia pareceu tão certo. Agora um intenso e enigmático homem, Lucas só quer deixar o passado para trás. Quando ele conheceu Jacqueline, foi fácil desejar ser tudo aquilo de que ela precisava. Mas se há uma coisa que a vida lhe ensinou é que a alma é frágil e que todos os seus sonhos podem ser destruídos em um piscar de olhos.


Sinopse - Saga Encantadas - Sarah Pinborough

[Resenha] Perdida #1 - Carina Rissi

| Autora: Carina Rissi | Selo: Verus | Páginas: 364 | ISBN: 9788576862444 Skoob Comprar |
Após comprar um celular novo, algo misterioso acontece e Sofia descobre que está perdida no século dezenove, sem ter ideia de como voltar para casa – ou se isso sequer é possível. Enquanto tenta desesperadamente encontrar um meio de retornar ao tempo presente, ela é acolhida pela família Clarke. Com a ajuda do prestativo – e lindo – Ian Clarke, Sofia embarca numa busca frenética e acaba encontrando pistas que talvez possam ajudá-la a resolver esse mistério e voltar para sua tão amada vida moderna. O que ela não sabia era que seu coração tinha outros planos... Perdida é uma história apaixonante com um ritmo intenso, que vai fazer você devorar até a última página.
Perdida, da autora nacional Carina Rissi, narra a estória da espevitada e sem papas na língua, Sofia, uma jovem mulher que adora tecnologia, redes sociais e os romances de Jane Austen. E é impossível não se divertir e suspirar com esse romance que ultrapassa o tempo.

Num belo dia Sofia precisa comprar um celular novo, e ao entrar na loja, ela não esperava que a sua vida mudasse tão radicalmente. Após ligar o aparelho, Sofia se vê num lugar novo e completamente desconhecido, ela se vê perdida e sem saber o que fazer e o que houve para ela ter parado naquele lugar que lhe é tão estranho. É então que ao andar, ela é abordada por um rapaz, só que não é um rapaz qualquer. Ele está montado num cavalo e fala de uma forma diferente,  contrastando com a linguagem utilizada pela Sofia que é repleta de gírias, então ela começa a perceber que tem algo muito estranho acontecendo ali.

Sem ter muitas opções se não aceitar a ajuda do belo Ian, o qual deixou Sofia muito desconfiada, ela acaba descobrindo que está numa época completamente diferente do seu reconfortante século XXI, ela está no século XIX e como essa mudança abrupta aconteceu é uma incógnita para a protagonista. Então Sofia tenta descobrir o que a trouxe para aquele lugar tão distinto, assim como tenta achar uma maneira de voltar para a sua época e para tudo o que ela tanto sente falta, e enquanto isso, inevitavelmente, ela vai pouco a pouco se adaptando, ao seu modo, àquele lugar e algumas tradições, enquanto acaba se apegando a família Clarke, que acolheu-a de braços abertos e sem julgamentos.

Eu adorei a escrita da Carina Rissi, esse foi o primeiro livro que leio da autora e com certeza irei acompanhar os seus demais trabalhos! Li Perdida em um dia, a escrita te prende e é fluída. A obra é narrada em primeira pessoa e Sofia é uma ótima protagonista, a única coisa que me irritou foi a quantidade de gírias utilizadas pela personagem de personalidade forte, acho que a autora quis deixar bem claro o contraste entre a linguagem do século XXI com a do século XIX, mas eu achei que ficou um pouco exagerado e isso realmente me desagradou; outra coisa, também achei que ficou devendo com relação ao quesito histórico, não lembro de ler nada que se referisse a escravidão que, infelizmente, foi tão presente no Brasil nessa época.  

Sobre o romance, a Carina fez um ótimo trabalho com a construção dele, foi algo que vemos gradativamente surgir entre o Ian e a Sofia e é impossível não torcer pelo casal. Eu adoro a forma como a Carina trabalha os seus personagens, ela começa com uma protagonista que tem uma personalidade forte e é decidida (e que vive se envolvendo em confusão), ela consegue fazer com que essa personagem amadureça mais ao envolvê-la num romance e colocar na balança o que realmente é importante; ela faz com que os seus personagens definam prioridades e correram atrás do que realmente querem; e o mocinho  é muito determinado e forte. 
''Mas eu não poderia sobreviver sem Ian, tinha certeza disso. Seria como tentar viver sem respirar: sufocante, insuportável e impossível.''
Enfim, sei que muitos irão se identificar com a protagonista e quem gosta de romance irá se deliciar com essa bela história e irá querer saber mais sobre o casal, e ficarão, assim como eu, ansiosos para ler o próximo livro: Encontrada.

E você, quer ler Perdida, já leu? Me conte o que achou da obra. 


Editora Arqueiro: 2/2: Para Sir Phillip, com amor, de Julia Quinn‏




“A escrita de Julia Quinn é vigorosa e cheia de energia, e ela é especialista em criar personagens inesquecíveis.” Publishers Weekly

Eloise Bridgerton é uma jovem simpática e extrovertida, cuja forma preferida de comunicação sempre foram as cartas, nas quais sua personalidade se torna ainda mais cativante.

Quando uma prima distante morre, ela decide escrever para o viúvo e oferecer as condolências. Ao ser surpreendido por um gesto tão amável vindo de uma desconhecida, Sir Phillip resolve retribuir a atenção e responder.

Assim, os dois começam uma instigante troca de correspondências. Ele logo descobre que Eloise, além de uma solteirona que nunca encontrou o par perfeito, é uma confidente de rara inteligência. E ela fica sabendo que Sir Phillip é um cavalheiro honrado que quer encontrar uma esposa para ajudá-lo na criação de seus dois filhos órfãos.

Após alguns meses, uma das cartas traz uma proposta peculiar: o que Eloise acharia de passar uma temporada com Sir Phillip para os dois se conhecerem melhor e, caso se deem bem, pensarem em se casar? Ela aceita o convite, mas em pouco tempo eles se dão conta de que, ao vivo, não são bem como imaginaram. Ela é voluntariosa e não para de falar, e ele é temperamental e rude, com um comportamento bem diferente dos homens da alta sociedade londrina.

Apesar disso, nos raros momentos em que Eloise fecha a boca, Phillip só pensa em beijá-la. E cada vez que ele sorri, o resto do mundo desaparece e ela só quer se jogar em seus braços. Agora os dois precisam descobrir se, mesmo com todas as suas imperfeições, foram feitos um para o outro.


SOBRE A AUTORA:

Julia Quinn começou a trabalhar em seu primeiro romance um mês depois de terminar a faculdade e nunca mais parou de escrever. Seus livros já atingiram a marca de 8 milhões de exemplares vendidos, sendo 3,5 milhões da série Os Bridgertons. O visconde que me amava, segundo título da coleção, foi finalista do prêmio RITA.

É formada pelas universidades Harvard e Radcliffe. Seus romances já entraram na lista de mais vendidos do The New York Times e foram traduzidos para 26 idiomas.

Julia foi a autora mais jovem a entrar para o Romance Writers of America’s Hall of Fame, a Galeria da Fama dos Escritores Românticos dos Estados Unidos, e atualmente mora com a família no Noroeste Pacífico.

Editora Arqueiro: 9/2: A rainha normanda, de Patricia Bracewell‏




“Patricia Bracewell enriquece o gênero da ficção histórica com um livro altamente interessante.” – Publisher’s Weekly

A rainha normanda é uma trama repleta de rivalidade política, escândalos da corte e disputas entre membros da nobreza, do clero e da realeza. Fãs de sagas históricas e de enredos românticos vão adorar este livro.” – Library Journal

Em 1002, Emma da Normandia, uma nobre de apenas 15 anos, atravessa o Mar Estreito para se casar. O homem destinado a ser seu marido é o poderoso rei da Inglaterra, Æthelred II, muito mais velho que ela e já pai de vários filhos. A primeira vez que ela o vê é à porta da catedral, no dia da cerimônia.

Assim, de uma hora para outra, Emma se torna parte de uma corte
traiçoeira, presa a um marido temperamental e bruto, que não confia nela. Além disso, está cercada de enteados que se ressentem de sua presença e é obrigada a lidar com uma rival muito envolvente que cobiça tanto seu marido quanto sua coroa.

Determinada a vencer seus adversários, Emma forja alianças com pessoas influentes na corte e conquista a afeição do povo inglês. Mas o despertar de seu amor por um homem que não é seu marido e a iminente ameaça de uma invasão viking colocam em perigo sua posição como rainha e sua própria vida.

Baseado em acontecimentos reais registrados na Crônica Anglo-saxã, A rainha normanda conduz o leitor por um período histórico fascinante e esquecido, no qual fantasmas vigiam os salões do poder, a mão de Deus está presente em cada ação e a morte é uma ameaça sempre à espreita.

Governando na época compreendida entre o rei Artur e a rainha Elisabeth I, a rainha Emma é uma heroína inesquecível cuja luta para encontrar seu lugar no mundo continua fascinante até hoje.


SOBRE A AUTORA:


Patricia Bracewell cresceu na Califórnia, onde lecionou Literatura e Redação antes de embarcar na carreira de escritora. É mestre em literatura inglesa e sua pesquisa histórica a levou a lugares como Grã-Bretanha, França e Dinamarca. Tem dois filhos adultos e mora com o marido em Oakland, na Califórnia.

[Caixinha de Correio] #SóCoisasBoas!

Esses foram os livros que recebi em Novembro ^^

Editora Arqueiro:

Sinopse - Água Para Elefantes - Sara Gruen 
Desde que perdeu sua esposa, Jacob Jankowski vive numa casa de repouso, cercado por senhoras simpáticas, enfermeiras solícitas e fantasmas do passado. Por 70 anos Jacob guardou um segredo. Ele nunca falou a ninguém sobre os anos de sua juventude em que trabalhou no circo. Até agora. Aos 23 anos, Jacob era um estudante de veterinária. Mas sua sorte muda quando seus pais morrem num acidente de carro. Órfão, sem dinheiro e sem ter para onde ir, ele deixa a faculdade antes de prestar os exames finais e acaba pulando em um trem em movimento - o Esquadrão Voador do circo Irmãos Benzini, o Maior Espetáculo da Terra. Admitido para cuidar dos animais, Jacob sofrerá nas mãos do Tio Al, o empresário tirano do circo, e de August, o ora encantador, ora intratável chefe do setor dos animais. É também sob as lonas dos Irmãos Benzini que Jacob vai se apaixonar duas vezes: primeiro por Marlena, a bela estrela do número dos cavalos e esposa de August, e depois por Rosie, a elefanta aparentemente estúpida que deveria ser a salvação do circo. "Água para Elefantes" é tão envolvente que seus personagens continuam vivos muito depois de termos virado a última página. Sara Gruen nos transporta a um mundo misterioso e encantador, construído com tamanha riqueza de detalhes que é quase possível respirar sua atmosfera.

Editora Galera Record:

Sinopse - As Crônicas de Bane - Várias autoras 
Nesta edição ilustrada, são narradas as mais diversas aventuras do feiticeiro imortal Magnus Bane, das aclamada séries de Cassandra Clare. Entre escapadas no Peru e resgates reais na Revolução Francesa, acompanhe fragmentos da vida do enigmático mago ocorridos em diversos países e períodos históricos, com aparições de figuras conhecidas como Clary, Tessa, Will e Alec, personagens de Os Instrumentos Mortais e As Peças Infernais.

Editora Novo Conceito:

Sinopse - Lola e o Garoto da Casa ao Lado - Stephanie Perkins
A designer-revelação Lola Nolan não acredita em moda… ela acredita em trajes. Quanto mais expressiva for a roupa — mais brilhante, mais divertida, mais selvagem — melhor. Mas apesar de o estilo de Lola ser ultrajante, ela é uma filha e amiga dedicada com grandes planos para o futuro. E tudo está muito perfeito (até mesmo com seu namorado roqueiro gostoso) até os gêmeos Bell, Calliope e Cricket, voltarem ao seu bairro. Quando Cricket — um inventor habilidoso — sai da sombra de sua irmã gêmea e volta para a vida de Lola, ela finalmente precisa conciliar uma vida de sentimentos pelo garoto da porta ao lado.

Sinopse - Se Eu Ficar - Gayle Forman 

Depois do acidente, ela ainda consegue ouvir a música. Ela vê o seu corpo sendo tirado dos destroços do carro de seus pais – mas não sente nada. Tudo o que ela pode fazer é assistir ao esforço dos médicos para salvar sua vida, enquanto seus amigos e parentes aguardam na sala de espera... e o seu amor luta para ficar perto dela. Pelas próximas 24 horas, Mia precisa compreender o que aconteceu antes do acidente – e também o que aconteceu depois. Ela sabe que precisa fazer a escolha mais difícil de todas.

Editora Rocco:

Sinopse - Quatro - Veronica Roth 
Reunindo quatro histórias da série Divergente contadas da perspectiva do personagem Tobias, e três cenas exclusivas, Quatro Histórias da série Divergente oferece aos fãs da saga criada por Veronica Roth a chance de conhecer melhor a personalidade de um personagem fascinante e complexo e a chance de mergulhar mais fundo na sociedade dividida em facções criada pela autora. Com mais de 21 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo, a série Divergente chegou aos cinemas com Shailene Woodley e Theo James nos papéis principais.

As Lombadas:



Me contem, já leram/querem ler algum desses livros??