[Resenha] Se eu ficar - Livro 01 - Gayle forman




| Autor: Gayle Forman | Editora: Novo Conceito | Páginas: 224 | ISBN: 9788581635415 | Skoob | Comprar |

Depois do acidente, ela ainda consegue ouvir a música. Ela vê o seu corpo sendo tirado dos destroços do carro de seus pais – mas não sente nada. Tudo o que ela pode fazer é assistir ao esforço dos médicos para salvar sua vida, enquanto seus amigos e parentes aguardam na sala de espera... e o seu amor luta para ficar perto dela. Pelas próximas 24 horas, Mia precisa compreender o que aconteceu antes do acidente – e também o que aconteceu depois. Ela sabe que precisa fazer a escolha mais difícil de todas. 

Vou me abster de falar sobre os aspetos físicos do livro já que o li no Kindle em versão digital, mas posso dizer que a capa da Editora Novo Conceito é um espetáculo. Foram utilizadas imagens do filme de mesmo nome que deverá estrear em breve nos cinemas.


Mia era uma garota que tinha a vida que muita gente pediu aos céus. Família estruturada e compreensiva, amiga bacana e um namorado roqueiro bonito e descolado. Tudo na perfeita harmonia. Até que num dia de neve, com a escola fechada, a família resolve visitar um casal de amigos. Um acidente na estrada muda completamente a vida de Mia. Ela se vê fora de seu corpo observando toda a movimentação de paramédicos e familiares durante 24h.

O livro roda em torno de uma questão fundamental: ficar ou desistir de lutar por sua vida? Seus amigos e parentes conseguirão fazê-la ficar?
“Vocês podem achar que são os médicos ou as enfermeiras ou tudo isso que está controlando o show,” ela diz, gesticulando para a parede de equipamentos médicos. “Nuh-uh. Ela está controlando o show. Talvez ela esteja simplesmente guardando seu tempo. Então conversem com ela. Digam para ela levar o tempo que precisar, mas para voltar. Vocês estão esperando por ela.”
A Mia é uma musicista apaixonada pelo Violoncelo em uma família de roqueiros irreverentes, e sente-se como um peixe fora d’água. Mas é totalmente amparada pela família em suas escolhas. Nem mesmo acredita em sua sorte ao começar a namorar o Adam, garoto cobiçado no colégio. Tentando entrar para uma renomada faculdade de música, a Julliard, ideia de seu avô, a Mia se esforça ao máximo para conseguir seu lugar entre os maiores. Essas e outras memórias bacanas são vividas pelo leitor enquanto a Mia luta pela vida.
Se eu ficar. Se eu viver. Depende de mim.
Enquanto os médicos tentam salvar a vida de Mia, ela se vê imersa em lembranças que são disparadas a cada visita ou palavra ditas ali.
“Às vezes você faz escolhas na vida e outras, as escolhas vêm até você."
Então o livro basicamente se passa em sua maioria com flashes ao passado. Como ela conheceu Adam (seu namorado), Kim (sua amiga), nascimento do seu irmão Teddy entre outros fatos marcantes. Achei muito interessante essa forma de contar a história, intercalando entre dois momentos, isso torna a história mais dinâmica.

Confesso que esperava chorar bem mais devido à publicidade em torno da história, mas os momentos dramáticos foram pouco explorados. Emocionei-me em apenas um momento, que na verdade, só me tocou devido a uma experiência pessoal recente… nesse caso, uma frase bastou. Não é um livro alegre, de forma alguma, ele é tenso e esperamos pelo pior o tempo todo, mas também não é triste. As lembranças boas que a Mia resgata nessa Experiência de Quase Morte (EQM) amenizam boa parte do drama.

De fato é um livro que te prende do início ao fim. E você talvez vire a noite para terminá-lo. O final para alguns foi um tanto frustrante, pois deixou em aberto boa parte dos questionamentos, mas com uma continuação a caminho tenho certeza que tudo se resolverá.  Mas onde? Na Terra ou no reino dos céus?

Continuação ainda sem título em português

A Autora
  
Gayle Forman começou sua carreira escrevendo para a revista Seventeen em que a maioria de seus artigos, centrada nos jovens e preocupações sociais. Mais tarde ela se tornou uma jornalista freelance para publicações como a revista Details, Jane Magazine, Glamour Magazine, The Nation, Elle Magazine e Cosmopolitan Magazine.
Em 2002, ela e seu marido Nick fizeram uma viagem ao redor do mundo. De suas viagens, ela acumulou uma riqueza de experiências e de informações que mais tarde serviu como base para seu primeiro livro, um diário de viagem que você não pode começar lá a partir daqui: um ano na margem de uma Shrinking World. Em 2007 ela publicou seu primeiro romance para jovens adultos, intitulado de Sisters In Sanity onde ela se baseia em um artigo que tinha escrito para a revista Seventeen. Seu mais recente romance If I Stay (Se eu ficar), fez Forman levar vários prêmios, entre eles o Indie Choice Award de 2010.

Jádia Santos




10 comentários

  1. To doida p ler esse livro, ja é a terceira resenha que leio, e todas sío reforçam minha vontade de ter um exemplar p mim rsrs =)

    Adorei o blog!

    www.leituravipblog.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela visita... continue acompanhando... Vem coisa muito boa por ai...

      Excluir
  2. Oi, tudo bom?

    Nossa, se tem um livro que eu não aguento mais esperar para ler, esse livro é "Se Eu Ficar". Depois que a Novo Conceito fez aquela super divulgação, minha curiosidade só aumentou. Eu ainda não tinha visto o trailer do filme e meu Deus... Arrepiei inteira! Tô com tanta expectativa sobre o livro e o filme que tô morrendo de medo de me decepcionar...

    Beijos!
    http://www.roendolivros.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo bem...
      Quero te agradecer a visita e te dizer: Está esperando o que para ler, mocinha?? Pois digo desde já que não chorei muito com ele... Apesar de geral está emocionado com a história... mas estou muito curiosa com o rumo que o enredo vai tomar no segundo.. É um livro bem escrito e de rápido de ler...então aguardado aqui...
      beijos

      Excluir
  3. Ansiosa por esse livro, essa coisa de morrer-viver sempre me deixa curiosa. Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que foi isso que me atraiu também Gabi... Obrigada pela visita...
      Beijos

      Excluir
  4. Parabéns pela resenha, Jádia. A maneira como você se entrega aos livros e passa isso a nós desperta curiosidade em lê-los.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amo ler amanda... mais até do que comer... rssss
      Então se quiser tenho muitos livros em casa viu?
      Obrigada pela visita e pelo carinho...
      Beijos

      Excluir

Sua opinião é muito importante para nós! Deixe seu comentário e se houver necessidade responderemos pelo seu e-mail ou aqui mesmo. Obrigada pela visita.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...