[Resenha] Roleta Russa – Jason Matthews


 Autor: Jason Matthews | Editora: Arqueiro | Páginas: 432 | ISBN: 9788580412758 | Skoob | Comprar |

Desde pequena, o sonho de Dominika Egorova era fazer parte do Bolshoi, o balé mais importante da Rússia. Após ser vítima de uma sabotagem, porém, ela vê sua promissora carreira se encerrar de forma abrupta. Logo em seguida, mais um golpe: a morte inesperada do pai, seu melhor amigo.Desnorteada, Dominika cede à pressão do tio, vice-diretor do serviço secreto da Rússia, o SVR, e entra para a organização. Pouco tempo depois, é mandada à Escola de Pardais, um instituto onde homens e mulheres aprendem técnicas de sedução para fins de espionagem.Em seus primeiros meses como pardal, ela recebe uma importante missão: conquistar o americano Nathaniel Nash, um jovem agente da CIA, responsável por um dos mais influentes informantes russos que a agência já teve. O objetivo é fazê-lo revelar a identidade do traidor, que pertence ao alto escalão do SVR.Logo Dominika e Nate entram num duelo de inteligência e táticas operacionais, apimentado pela atração irresistível que sentem um pelo outro. Skoob

Inicialmente temos que falar da capa, que achei muito simples, porém muito bela. Vê-se Dominika debaixo de um guarda-chuva vermelho, solitária e andando em uma ponte completamente monocromática, efeito proposital combinando com as cores do título do livro. Ou seja, bem harmonioso e agradável. Páginas amareladas e letras um tanto pequenas, mas nada grave.

A narração em terceira pessoa ás vezes confunde um pouco o leitor, pois muda de ponto de vista a todo instante e deve-se prestar bastante atenção sobre quem está se referindo ao narrar um pensamento, por exemplo.
-Este é o nó prússico dos montanhistas - explicou, depois mostrou a Nate como usar o atrito da laçada para alçar o corpo e escalar o cabo. Com sorte as janelas do segundo andar estariam abertas.
Onde foi que ele aprendeu isso?, perguntou-se Nate, já escalando, e sinalizou pela janela assim que saltou para o lado de dentro.
A divisão dos capítulos a principio me irritou, a todo final de capitulo encontra-se uma receita inusitada. Para que? Perguntei-me. Qual a intenção do autor? Mas com o decorrer da leitura compreende-se que a intenção é clara: ambientar e dar corpo a história. E nada como uma boa receita para dar cor e aroma a um lugar. Se a Dominika come Fondue de queijo com os amigos essa receita será a próxima a ser relatada no final do capítulo. Vemos assim receitas Russas, afegãs, suíças etc. Sempre de acordo com o momento narrado.

A História nos apresenta primeiramente o Nathaniel Nash, o Nate, um jovem agente da CIA, e narra um de seus encontros com um traidor russo no qual ele é operador. Conhecemos assim vários aspectos do Nate, sempre orgulhoso com seu desempenho na agência, mas que é temporariamente afastado do seu objetivo devido a uma falha nesse encontro. Muito emotivo ele se sente humilhado ao ser relocado para a Finlândia, mas continua trabalhando com afinco para a CIA.

Em um segundo momento conhece-se Dominika. Desde pequena sonhava em entrar para a elite do balé, porém, sabotada por uma dupla de bailarinos, desiste do seu sonho, mas não antes de se vingar a altura. Dominika é uma personagem envolvente e inteligente, e com uma característica para lá de especial: ela vê a cor da áurea das pessoas. Se a pessoa está transmitindo inveja ou traição sua áurea estará amarela, se transmite confiança ou felicidade estará violeta. Assim Dominika vai conhecendo o mundo ao seu redor através das nuances e cores. Isso a torna uma pessoa muito perceptiva e que não é enganada facilmente, qualidade valiosa para o serviço secreto da Rússsia, a SVR.
Dominika não precisava de luz: ondas luminosas de um vermelho escuro pulsavam à sua frente, vindas da música. Nina sabia que sua filha via "suas cores".
Sua maior missão será descobrir o traidor russo que leva informações para a inteligência americana, a CIA. Conhece assim o Nate, que a toma como missão também. Ele não sabe dos planos dela, mas ela também não imagina os dele. Até que a história vira e tudo muda. Quem será que vai trair quem?

Tem uma parte do livro que preciso comentar. Em tempos de romances eróticos no auge, vemos uma cena belíssima de sexo nesse romance. Quase uma descrição de uma obra de arte, enfatizando mais as sensações dos personagens do que o ato em si. O autor, nesse ponto em especial, está de parabéns.
...De repente ela sentiu seu corpo se expandir. Uma experiência aflitivamente deliciosa. O luar parecia saltitar sob suas pálpebras fechadas, e só lhe restava esperar que seu corpo frágil e vulnerável não se desmanchasse como uma folha de papel.
Para aquele que curte política e uma boa dose de investigação esse é O livro. Muito inteligente e sagaz, o enredo nos captura e vivemos todas as emoções nas quais a Dominika e o Nate são submetidos. Bastante atual e criativo nas missões, torcemos hora para um, hora para outro, e hora para os dois. Vale a pena investir na leitura e também testar as receitas. Confesso que provei A Omelete Perfeita do Gable, e o Fondue de Queijo do Gable será minha próxima aventura na cozinha.




O Autor

Jason é um oficial da CIA aposentado do setor de Operações Direcionadas, agora conhecido como Serviço Nacional Clandestino. Por 33 anos de carreira ele serviu em múltiplos lugares através do mundo, engajado em uma coleção de operações de segurança e inteligência secretas, especializado em áreas de operações proibidas. Matthews conduziu o recrutamento para operações contra o leste europeu soviético, leste da Ásia e Oriente-Médio junto com alvos caribenhos como chefe de várias estações da CIA, dirigiu projetos e ações infiltradas como o de Armas de Destruição em Massa, e colaborou com agentes de ligação estrangeiros no programa de contraterrorismo. Ele vive no sudeste da Califórnia.


Jádia Santos

4 comentários

  1. Oi Jádia, tudo bom?

    Não sou muito fã de política, mas eu adoro uma boa e velha investigação. Adorei essa ideia das receitas no final de cada capítulo, ainda mais que sou aquele tipo de leitora que MORRE de vontade de comer as coisas que os personagens estão comendo. Também achei a capa muito bonita.

    Beijos!
    http://www.roendolivros.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então Clara, eu acabei fazendo algumas peripécias na cozinha viu??? e não é que são gostosas as receitas... diferentes, mas deliciosas... vale a pena ler e degustar esse livro...

      Excluir
  2. Respostas
    1. Que bom que gostou Van... é importante para mim sua visita... beijoss

      Excluir

Sua opinião é muito importante para nós! Deixe seu comentário e se houver necessidade responderemos pelo seu e-mail ou aqui mesmo. Obrigada pela visita.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...