Farol Literário entrevista tradutora de ''Reiniciados''



A Editora Farol Literário entrevistou a tradutora da série ''Reiniciados''. Vamos conferir essa entrevista? \\O

Assim é que se sente a tradutora da série “Reiniciados”, Flávia Côrtes. Quem é que não gostaria de estar no lugar dela? No post de hoje você vai ler um bate-papo em que ela fala do prazer de traduzir “Reiniciados”, das dificuldades e que também é fã do enredo! Ela ainda deixa os amantes da série curiosos pela continuação – que ela já está traduzindo – ao revelar um pequeno detalhe do terceiro e último livro “Shattered”, que será lançado em 2014. Confira!

Editora Farol Literário – Flávia, o que significa para você ser a responsável pela tradução dos livros da série Reiniciados?

Flávia Côrtes – É uma honra e um privilégio. Sou fã da autora e poder ler os originais antes dos leitores brasileiros já é incrível, imagine ser a tradutora da série. Mas, por outro lado, é uma responsabilidade imensa. Muitos leitores também leram a versão em inglês e não posso decepcioná-los.


FL – Você poderia revelar para a gente quais foram as partes mais difíceis do livro para a realização do seu trabalho?

FC – Certamente as partes em que surgiam os termos inventados, como o “nivo” e os “lordeiros”.

FL – Como é o seu processo de trabalho e, quanto tempo levou para traduzir os dois primeiros livros da série?

FC – Levei cerca de quatro meses para traduzir cada um. Sempre faço uma pesquisa antes de começar, entro no site oficial do escritor para saber mais sobre ele e sua obra, e, dependendo do texto, pesquiso sobre o tema abordado. Muitas vezes o tema escolhido pelo autor não me é familiar e, como faço questão de conhecer os termos mais usados por quem entende do assunto, pesquiso bastante.

Num texto de ficção científica como esse, em que o autor inventa vários termos e palavras, deixo muitas coisas pelo caminho para decidir depois. Preciso recriar esses termos em português, mantendo o sentido do texto original. É como reinventar o texto. Divertido, mas dá trabalho.



Para ler a entrevista completa, acesse o site da editora AQUI




7 comentários

  1. Oi!
    Pra mim, essa é a capa mais bonita da trilogia até agora.
    Tenho os dois primeiro, mas ainda não tive tempo de ler, mimimi.
    Beijos!

    http://roendolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Obrigada pela linda resenha querida. Amei!!!


    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Já tinha visto resenhas a respeito desse, e a sua só fez aumentar a vontade de lê-lo.
    Parabéns pela resenha!
    Obrigada pela dica.

    ResponderExcluir
  4. É daqueles livros viciantes que vc não consegue largar antes do fim!!!
    Li ele muito rápido, é sim clichê, mas isso não impende de ser muito bom!
    >>>>e só pra constar achei as capas brasileiras muito lindas tbm!

    ResponderExcluir
  5. O que é isso gente! Eu estava de olho nesse livro por um tempo, mas vc totalmente fez a venda! E quando eu achando que o texto estava no fim vc coloca uma foto dessas no final??!?! kkkkkkk
    Precisei de um desfibrilador aqui!

    Vou começar a leitura logo!


    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Bom com os 3 livros já lidos, queria nunca ter começado :/
    O primeiro livro é otimo, muito viciante, li em um dia!
    Já no segundo há uma dose demasiada de drama, que me fez começar a odiar Blaire, mas o que gostei foi que o livro foi dividido entre os pontos de vista de Blaire e Rush. Os capitulos de Rush eram uma delícia de ler, mas logo também começou a ficar cansativo e eu estava desesperadamente torcendo pra que a história magicamente fosse sobre Woods, pq esse cara sabe como deixar uma impressão.
    O terceiro livro li mais por obrigação, para ter um desfecho na história. Até o meio do livro estava sendo empurrado, mesmo com alguns poucos momentos em que novos personagens eram adicionados a trama.
    Do meio pro fim, o 3º livro deu uma animada e me surpreendeu, contando com uns 5 capitulos com outros 2 personagens diferentes (Grant e Harlow)
    Mas o desfecho que eu vinha procurando, simplesmente não aconteceu. A autora deixou muitas pontas soltas (MUITAS).


    OBS: Apesar de tudo realmente espero que Abbi Glines escreva sobre Grant e Harlow, pois essa é uma hisoria que eu gostaria de ler.
    OBS 2: Woods tem sua história contada na série Perfection, que já conta com 2 livros lançados, Twisted Perfection e Simple Perfection. Não li nenhum, mas pretendo, visto que Woods é o melhor personagem da triologia Too Far

    ResponderExcluir
  7. a segunda capa do livro do the walking dead a queda do governador parte dois é a melhor

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Deixe seu comentário e se houver necessidade responderemos pelo seu e-mail ou aqui mesmo. Obrigada pela visita.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...