[RESENHA] Uma Manhã Gloriosa - Diana Peterfreund

A protagonista de Uma manhã gloriosa, Becky Fuller, trabalha como produtora de um programa de televisão numa emissora local de Nova Jersey. Após ser despedida, sem aparente razão, ela se desespera. Mas boas notícias surgem e ela vê seu sonho de trabalhar em Nova York se tornar realidade, quando aceita um emprego no Daybreak. Com péssimos índices de audiência, equipamentos ultrapassados, produtores executivos raramente sobrevivem ao próximo intervalo comercial e uma equipe excêntrica, a nova ocupação promete se transformar num desafio.


Muita gente está acostumada a livros sendo adaptados para o cinema, mas no caso de Uma Manhã Gloriosa a história saiu dos cinemas para o universo literário ao ser adaptada pela autora Diana Peterfreund. A protagonista é Becky Fuller, uma jornalista, workaholic que nunca tem tempo em sua vida de produtora executiva de TV em um programa matinal na cidade de New Jersey. 

São anos dedicando-se ao programa de uma cidade menor e quando ela pensa que finalmente terá a promoção dos sonhos, Becky é demitida. Ela passa a procurar emprego em todas as emissoras dos EUA até que finalmente é contratada para trabalhar no Daybreak, um programa com sérios problemas de audiência e relacionamento entre os apresentadores.

Eu gostei muito do livro e do filme porque é uma rotina de trabalho parecida com a que eu queria ter. Na faculdade tive uma aula de Telejornalismo e eu sempre preferi trabalhar com a produção. Para quem não sabe o produtor faz entrevistas, pesquisas, prepara tudo para que o repórter possa gravar, etc.

A Becky trabalha muito, é neurótica e tem pouco tempo para relacionamentos amorosos. Quando ela começa no Daybreak descobre que terá que reestruturar todo o programa e a primeira coisa que faz é demitir o âncora. Mas fica sem saída quando seu chefe exige que ela arrume outro jornalista sem qualquer custo. Ela tem a ideia de convocar Mike Pomeroy, um jornalista premiado, contratado da emissora, mas que é considerado mal humorado e ultrapassado. O único problema é que ele não quer ajudar, odeia tudo que é fútil e reluta bastante em cooperar.

O romance da narrativa fica por conta da relação dela com Adam Bennett, um produtor do canal IBS, que começa a se aproximar de Becky. Para mim o melhor relacionamento desse livro é entre a Becky e o Pomeroy. Ela é parecida com ele, pois os dois amam o jornalismo e as coisas boas que se pode realizar nessa profissão.

Esse livro é despretensioso, simples e possui uma leitura bem tranquila e fluida. A autora conseguiu adaptar muito bem a história do filme e ficou atual e cativante.

Confiram o trailer do filme:



Título: Uma Manhã Gloriosa
Autora: Diana Peterfreund
Editora: Record
Páginas: 267 


2 comentários

  1. Gostei bastante. Vou procurar ;)
    bookaholicandshopaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Procura mesmo, ele sempre está de promoção nas Americanas!
    :D

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Deixe seu comentário e se houver necessidade responderemos pelo seu e-mail ou aqui mesmo. Obrigada pela visita.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...