Literatura Erótica - Um debate proibido para menores

Olá leitores!
A literatura erótica está causando o maior barulho entre as pessoas, não se encontra um lugar onde o tema não seja debatido. Infelizmente tive o desprazer de ver alguns blogs e sites tratarem o tema de maneira preconceituosa, sendo totalmente ofensivo com os leitores do gênero. Vi cada coisa ridícula para dizer o mínimo... Sei bem que nem todos adoram, e que gosto não se discute, mas lhes convido a deixar o preconceito e os suspiros de lado e participar desta minha conversa saudável, respeitosa e o mais neutra possível sobre o tema.

Antes de começar, coloco aqui a lista de livros eróticos que já li e consegui me lembrar para evitar a velha conversa... ''você nem lê o gênero como ousa falar dele?'' ou ''você não sabe do que está falando'' etc.



- Cinquenta Tons de Cinza - Livro 1 - E. L. James
- Cinquenta Tons mais Escuros- Livro 2 - E. L. James
- Cinquenta Tons de Liberdade - Livro 3 - E. L. James
- Toda Sua - Crossfire - Livro 01
- Profundamente Sua - Crossfire - Livro 02
- Um olhar de Amor - Os Sullivans - Livro 01 Bella Andre
- Por um momento Apenas - Os Sullivans - Livro 02 Bella Andre
- Não Posso me Apaixonar - Os Sullivans - Livro 03 - Bella Andre
- Falsa Submissão - Laura Reese
- Luxúria - Trilogia Luxúria - Livro 01 - Eve Berlin
- No Limiar do Desejo - Trilogia Luxúria - Livro 02- Eve Berlin
- Belo Desastre #1 - Jamie Mcguire
- O Inferno De Gabriel #1 Sylvain Reynard
- Dangerous Secrets - Serie Dangerous - Lisa Marie Rice
- Losing It - Cora Carmack 
- Hot in Handcuffs - Sylvia Day
- O Que Você Quiser - Envolvida Por Um Bilionário - Livro 1 - Sara Fawkes
- Bem Profundo - Portia Da Costa
- Algemas de Seda - Frank Baldwin

E muitos outros....


Antes de tudo: Eu gosto do gênero?
SIM! Eu curto, não sou do tipo ''louca'' e ''fanática'' mas gosto e estou sempre lendo algum.

Agora me digam, porque tanto barulho? Literatura erótica não é nenhuma novidade no mundo dos livros, os tradicionais romances de Harlequin e livros antigos como ''Falsa Submissão'' estão ai para confirmar isso.

Acredito-me que o ''barulho'' seja porque hoje em dia as mulheres estão mais ousadas (no bom e no mau sentido) sem papas na língua como alguns dizem. Hoje nós vamos à caça, saímos na balada com roupas provocantes, sem a vergonha de dizer ''estou à procura''. Hoje somos independentes, trabalhamos, estudamos, nos bancamos e não temos medo ou vergonha de dizer ''eu gosto de sexo''.

Mas ser moderna não significa uma vida amorosa ''satisfatória'', nem que deixamos de suspirar e sonhar com o príncipe encantado, significa apenas que cansamos de esperar ele aparecer. É muito excitante combinar o Bad Boy com o príncipe dos sonhos em um homem só, por isso livros que trazem personagens como Christian Grey; bonitos, fortes, protetores, ricos, amorosos... Levam-nos a loucura.

As garotas devem admitir que o seu ''homem ideal'' ainda que em sonho reúna algumas, se não todas essas qualidades sem hipocrisia meninas.

É exatamente isso que esses romances eróticos estão nos proporcionando, a fantasia, o sonho, a sedução... um príncipe moderno para nosso deleite. Quem não quer um homem preocupado em nos satisfazer? Que enlouquece só de ouvir um gemido seu? Vamos combinar que a maioria não leva nem 10 minutos e só quer saber de si mesmo (eu disse maioria, não todos. Não surtem ainda rapazes).

É verdade que os personagens estão ficando repetitivos, depois que os autores e editoras descobriram nossa paixão secreta, todos os personagens de romances eróticos são bem parecidos: Lindos, ricos ou podres de ricos, possessivos, protetores e curtem um BDSM (Bondage, Disciplina, Dominação, Submissão, Sadismo e Masoquismo). Esqueci algo?

Isso estraga um pouco as histórias para quem não é tão apaixonado pelo gênero, que não consegue apreciar a história completamente por estar espelhando um personagem em outro, comparando qualidades, gêneros, cenas, entre outros detalhes.

Já sei o que esqueci! Traumatizados, perturbados, tristes, problemáticos... os homens dos romances eróticos em maioria se não todos, são sempre traumatizados por algo de seu passado. Principalmente nos livros em que se tem a prática do BDSM. Algumas personagens como no caso de ''Toda Sua'' também sofrem desse mal. Essa parte eu acho muito nada a ver e preconceituosa. Certa vez vi um comentário de uma mulher que gostou da trilogia ''50 Tons'' mas que na condição de praticante de BDSM se sentiu ofendida pelo fato de o livro ''induzir'' que praticantes desse estilo de vida sejam necessariamente pessoas problemáticas e traumatizadas. Como se uma pessoa comum fosse incapaz de apreciar essa arte entre quatro paredes. Refletindo sobre isso e lendo outros livros em que os personagens são sempre problemáticos, cheguei à conclusão de que concordo com ela, compreendo que os autores precisam criar algo na história para ela também não ser apenas sexo, mas com tantas repetições de personagens e um romance se inspirando e se baseando na história do outro, isso já está ficando muito estranho.

Agora em defesa dos rapazes. Imagino que o principal motivo de tantos homens odiarem esses livros seja o ciúme, sigam meu raciocínio antes de criticar: homens odeiam que você elogie outro homem perto dele, odeiam que você repare-nos ''atributos'' de outros, eles tendem a ser ciumentos (muito disso devido ao fato deles aprontarem e terem medo de receber o troco). Imaginem garotas, como deve ser difícil tantas mulheres elogiando e comparando eles na cama com um personagem de um livro? E como nós mulheres tendemos a falar e falar até que nos mandem calar a boca, isso deve ser bem perturbador. Imaginem as cobranças que muitas fazem do tipo: ''o Christian Grey faz isso pela Ana, porque você não faz por mim?''

Mas relaxem garotos, lembrem - se de que ''eles'' são só personagens, e essa loucura toda logo passa. Mas se querem uma dica. Já ouviram a frase: se não pode com eles junte-se a eles? Pois é, leiam o livro, conversem com suas mulheres e porque não, recriar algumas cenas? Apimentem a relação, quem sabe não se descobrem amantes do gênero, deem mais atenção às garotas da hora H e talvez elas parem de reclamar tanto.

Só mais uma coisinha rapazes. Não saiam falando por aí que mulheres que gostam do gênero são pessoas mal amadas, sem vida sexual. Isso é puro preconceito e mentira. E se vocês são tão convictos que somos mal amadas, a culpa é de quem mesmo? :s

E mulheres... eu sei que Christian Grey é tudo de bom, mas vocês escolheram outros homens para ocupar o  seu lado na cama, não adianta reclamar agora. Porque não, ao invés de atazanar a vida do bofe não tentar dar uma de inovadora? Leve algo do livro na cama, mande vestir um terno, recrie o seu Christian Grey, além de divertido e bom para relação, esse é um modo de se ter um pedacinho dele. E claro... continuem suspirando com ele quando seu namorado/marido/rolo não estiver perto. =)


Para as pessoas que vivem para ofender os leitores de romances eróticos, aqui vai meu recado: vocês não tem vida para cuidar? Livros para ler?
Uma coisa é expressar sua opinião dizendo o porquê de não gostar do gênero, outra coisa é sair ofendendo os leitores até mesmo com palavrões. Todos têm direito a ler o que bem entenderem, sejam revistas em quadrinho, revistas de fofocas, livros, guias esportivos, jornais e etc.

Liberdade de opinião e liberdade de leitura galera!

Uma pessoa que não consegue comentar, expressar sua opinião sem desrespeitar a opinião dos outros nem merece ser ouvida.

Leia o que for o importante é ler, ler o que gosta por prazer, por gosto e não porque os outros acham ou não apropriado.


Espero não ter ofendido ninguém e se o fiz me desculpem, só estou tentando de uma forma leve demostrar que realmente gosto não se discute e o importante é todos serem felizes.

Créditos do Banner: Apaixonadas por livros  (Link direto para um post #Mara sobre literatura erótica) 





 

40 comentários

  1. Bom pra começo de conversa eu sou totalmente neutra com relação aos livros eróticos. Antes era porque eu nunca havia lido nada do gênero, depois foi porque li dois livros totalmente opostos dentro desse tipo de literatura. Um deles foi "Não posso me apaixonar" com o maravilhoso Gabe, o sonho de consumo de qualquer mulher, não apenas por ser bombeiro, mas por reunir as qualidades tão sonhadas pelas mulheres. É mais ou menos tudo que você explicou.

    Por outro lado, li "Tesão", um livro erótico sem "preliminares". A linguagem era direta e me assustou a princípio. Mas houveram algumas partes que me agradaram também, quando tudo ganhou um tom poético.

    De qualquer forma, como você comentou também, o problema de boa parte dos romances eróticos é que existe uma receita pronta de história e de personagens, que torna boa parte das obras muito parecidas. E cá entre nós: se tem algo que me irrita é personagem choramingando porque teve decepções no passado e tem medo de seguir em frente.

    Sinceramente toda forma de leitura é válida, e há gosto pra tudo. Eu ainda tenho poucas experiências com literatura erótica pra avaliar bem, mas posso dizer que continuo aberta a ler outros livros do gênero.Não tenho resistências quanto a isso como muitas pessoas têm. Muito menos um "preconceito" que combate essa forma de leitura.

    (desconstruindoaspalavras.blogspot.com.br)

    ResponderExcluir
  2. Menina!!!! Adorei seu comentário, muito obrigada =) vc está certa, essa lenga lenga de reclamar o passado cansa. Mas o gênero ainda é interessante, não da para desistir por causa de uns livros (veremos né rs). Bjos

    ResponderExcluir
  3. Eu honestamente A-M-E-I ! Até porque agente precisa de algo diferente pra apimentar os livros e tirar aquela coisa clichê de romance só de beijinhos e ficções né? Pra mim só tinha Cinquenta tons agora vou me esbaldar! Sou totalmente a favor!

    ResponderExcluir
  4. Sou a favor da leitura sem preconceitos nem julgamentos, que a meu ver são desnecessários. Não sei dizer se gosto ou não de literatura erótica, até porque só li um livro até agora. É verdade que o gênero não me atrai tanto assim, mas tenho curiosidade de ler até para ter alguma opinião sobre. O único que li foi o primeiro volume de Os Desejos da Bela Adormecida, achei interessante e o texto não é ruim (mas a Anne Rice faz melhor nos livros de vampiros e bruxas), só achei que as cenas eróticas acontecem com frequência quase apelativa, em detrimento de um enredo mais robusto.
    Quanto aos outros livros que estão tão em alta ultimamente, sendo sincera, não tenho muita curiosidade, não. Lerei a trilogia da Bella Andre porque já a tenho na fila de leitura.

    Bjs, Livro Lab

    ResponderExcluir
  5. Nita adorei seu post!!! Falou tudooo que eu tinha vontade de falar! Sou super Fã de romances eróticos, apesar de achar essas partes sobre passados dolorosos um pouco repetitiva também. Mesmo assim eu adoro!
    E também já vi muitas pessoas expressando suas opiniões e criticando quem lê e acho super errado, você fez a coisa certa defendeu seu ponto de vista sem querer insultar ninguém!!! Meus Parabéns!!

    ResponderExcluir
  6. adorei as colocações... compartilho da mesma opinião... para que tanta polemica... são apenas livros... muito bons livros... li a trilogia 50 tons e estou lendo toda sua... também fui meio relutante no incio do livro toda sua por se parecer de mais com 50 tons... mas é um bom livro. e pretendo ler todos... amei o gênero.... até conhecer 50 tons eu não era adepta a leitura, mas agora viciei.

    ResponderExcluir
  7. Oi flor!!

    Nossa adorei o post, super concordo com você, embora eu não gostar muito desses livros de gêneros de 50 tons , eu gosto de livros hot, não tenho nenhum problema de ler esses livros, gosto de histórias assim, acho que cada pessoa tem seu gosto e não devemos julgar uma pessoa ou talvez até um livro antes de pelo menos termos lido.

    Mas quando se fala de livros BDSM não curto desde de 50 tons tenho uma aversão (e sou um pouco medrosa com histórias assim rsrs), embora eu também ache que as pessoas deviam parar de ver isso como se fosse um "bicho de sete cabeças , não percebemos que é mais comum do que imaginamos e que cada um tem livre arbítrio pra escolher.
    Enfim, adorei o post gostei de saber da sua opinião e espero que haja outros assim.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Adorei você disse TUDO!
    Já to seguindo e adorando o blog :)

    ResponderExcluir
  9. Essa é uma temática que na literatura não me atrai......

    ResponderExcluir
  10. Obrigada flor :) Viu? O importante é ler, graças a 50 tons vc agora curte leitura....Jane Austen, Danielle Steel, E. L. James...não importa o gênero, são apenas livros!

    ResponderExcluir
  11. Obrigada :) eu fico saltitando aqui ouvindo uma coisa assim.

    ResponderExcluir
  12. Sabe flor, tb fico medrosa com o BDSM, (curiosa tb rs) mas é legal de ler, pelo menos para os personagens é tão exitante que por alguns momentos vivenciamos aqui que no dia dia não temos coragem. Eu adoro essa magia dos livros, de nos permitir sermos outras pessoas e vivenciar novas coisas na segurança do sofá :)

    ResponderExcluir
  13. Estou para ler esse livro, acredita que não li nada dessa autora ainda? #Crime o importante é isso, não gostar mas respeitar quem curte o gênero, repito sempre ''leia o que quiser, mas leia''

    ResponderExcluir
  14. kkkkk vai se esbaldar é? #Discarada kkk vc curte ler no pc? Tipo e-book?

    ResponderExcluir
  15. Adorei o post e gosto demais do gênero,claro não de todos os lançamentos,mas continuo apostando na leitura ...

    obrigadinha por dar os créditos e indicar o post!!!

    Bjssss

    Bianca

    http://www.apaixonadasporlivros.com.br

    ResponderExcluir
  16. Adorei o post e aposto mesmo na leitura dos livros do gênero,não gosto de todos mas continuo lendo...

    obrigadinha por dar o crédito e indicar meu post

    bjsss

    Bianca

    http://www.apaixonadasporlivros.com.br

    ResponderExcluir
  17. Obrigada você por me permitir usar sua foto! =)

    ResponderExcluir
  18. amei seu post! Concordo com td! Também não entendi direito esse burburinho td em torno da literatura erótica, ela existe desde q o mundo é mundo!!! hahaha mas, tb acho q a grande questão é a mulherada estar conversando, se soltando agora. Sei de um caso de um casamento q acabou depois da moça ter lido 50 tons... enfim... talvez a partir do livro algumas mulheres tenham percebido o prazer e o sexo de formas diferentes e viram q o arroz com feijão q tem casa não são suficientes. Para td as mulheres q conheço eu dou o conselho de ler coisas eróticas, seja livros ou quadrinhos sei lá! mas leia, se informe, se ame, se respeite como mulher. E os homens não tem nada a temer! Deveriam aproveitar para aprender um pouquinho e satisfazer suas mulheres!!! =)
    ahhhh a última coisa ahahahaha ... tb não entendi essa coisa de mocinhos e mocinhas perturbados... pra q?! um fez e o resto foi atrás.. cansei desse clichê! acho q já deu.....

    ResponderExcluir
  19. Muito bom comentário flor! Eu confesso que esses livros me abriram o horizonte, no minimo olho diferente para questão hahaha Eu concordo com vc, toda mulher deveria ler, vá se informar, quem sabe não descobre um mode de deixar um casamento ou um namoro mais feliz? ;D Obrigada por comentar flor

    ResponderExcluir
  20. Já leu algo flor? Eu achava isso também, até que conheci o Sr. Grey kkkkk

    ResponderExcluir
  21. Gostei muito do que li.aqui...acredito no respeito a opinião das tpessoas...e já passei por situação de constrangimento por gostar do gênero...estou lendo a trilogia 50 tons...e to amando!!!!

    ResponderExcluir
  22. Gostei muito do seu comentário....faço minha as suas palavras...lia a trilogia 50 tons, toda sua profundamente sua, o inferno de Gabriel, pretendo ler todos ... adorei o gênero.abraços.

    ResponderExcluir
  23. O que acontece hoje em dia e que apos o lançamento de 50 tons ouve uma grande repercussão dos livros eróticos.
    Eu amo o tema, e uma ótima leitura que a principio fugia totalmente do que eu costumava ler, mas agora todos os livros parecem sempre caracterizar os personagens de uma única forma, sempre problemáticos, alguns são ricos, isso criou como eu posso dizer um rotulo, agora todos os escritores escrevem sempre as mesma coisas, nada e mais surpreendente.
    As mulheres do livro em sua maioria tem mais de 30 e os homens como já falei são ricos, e eles sempre tem problemas de infâncias o que fazem eles praticarem o BDSM.
    Isso e uma forma de preconceito e faz com que o mundo enxergue as pessoas que realmente praticam BDSM como pessoas distorcidas.
    O único livro que li ate agora (e olha que li varios sobre o tema) que realmente me surpreendeu e me deixou apaixonada vou AMOS E MASMORRAS (que por coêncidencia foi o primeiro livro que li) ele fala de BDSM de uma outra de forma e aborta ate esse tema.
    Esse livro e realmente fascinante e de tira o folego, envolve uma historia de amor, ação e muitas cenas picantes, e alem disso e um livro que aborta a assunto sem ser vulgar (o que e otimo) e da ritmo a historia, e explica de certa forma o que e BDSM, e reação que causam nas pessoas.

    Eu índico esse livro, quem gosta do tema erótico ira se maravilhar com suas cenas de sexo e submissão, e com uma submissa que odeia seguir regras.
    E simplesmente prefeito.

    ResponderExcluir
  24. Gostaria de ser avaliado pelos participantes deste BLOG. Meus livros estão em promoção na Amazon Brasil - Grátis para degustação - quem quizer é só clicar no link e baixar os livros: http://t.co/2XODlJpyZ7

    ResponderExcluir
  25. nunca tive nada contra esse tipo e de leitura e de uns tempos pra cá eu me começei e a ler e gostei e agora sou tipo uma viciada nesse tipo de leitura "new adult", seu blog e lindo e tem varias dicas boas ! bjs

    ResponderExcluir
  26. Adorei esse post, gosto muito de literatura erótica, assim como gosto de vários outros gêneros, concordo com tudo que você disse, ninguém é obrigado a gostar desse gênero, mas acho obrigatório o respeito para com quem gosta!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  27. amo o gênero:::::::::::::e não vejo nada de mas neles ,as pessoas são muito preconceituosas com oq não conhece,deveriam respeitar o gosto do próximo,e sinônimo de educação sabia!!!!!!!!!!!!comcordo com tudo q nita escreveu e leu também!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  28. Olá Nita, cheguei neste post por acaso, e gostei muito. Vou procurar acompanhá-lo pois adoro leitura. Nunca li nenhuma literatura erótica, mas seu post me inspirou. Para eu iniciar com um bom livro do gênero, qual você me recomendaria? grata, bjk

    ResponderExcluir
  29. Olá...
    Adorei o post, e tenho que confessar que adoro o gênero. Não é só pelo sexo das histórias, mas o envolvimento dos personagens que te traz uma emoção...como por exemplo: chorei com a história de infância do Christian Grey, que ele conta para Ana!!! Sim, eu chorei.... e já ri muito com a Ana em suas indecisões confusas... e também fiquei super ansiosa com as decisões de Dylan em Luxúria...

    São essas emoções que se encontra nos livros desse gênero... eu gosto muito.. atualmente estou lendo o Osadia (Harlequim), o 50 tons mais escuros e No liminar do desejo e estou amando mesmo!!!!

    E tenho que dizer literatura erótica é muitoooo vicianteee!!! Rs

    ResponderExcluir
  30. Adorei seu post,vc tem toda a razao, nao tem porque ter tanta polemica é um gênero como qualquer outro.Sei que tem pessoas que nao gostam e respeito isso,entao acho que essas pessoas tambem deviam respitar que outras pessoas gostem desse gênero,porque cada pessoa tem gostos diferentes.
    Adoro esse gênero ja li series como os sullivans,a trilogia luxuria,os livros de Abbi Glinnes,Cora Carmack etc.
    acho que vc abordou bem o assunto.
    Adorei seu blog,ja estou seguindo

    ResponderExcluir
  31. Bom, meu nome é Dalila, eu estava procurando sobre um livro e descobri esse blog, que ADOREI! Gostei muito da sua colocação sobre os livros eróticos (amo o gênero *_* )! Li a trilogia dos 50 tons, o inferno e o julgamento de Gabriel, os 3 livros da trilogia Crossfire, a trilogia luxúria (essa foi a única que detestei), Belo desastre, iminente desastre, wallbanger, stripped, a trilogia de Sadie Matthews com chama na escuridão..., Paixão sem Limites, tentação sem limites, twisted perfection, simples perfection, a trilogia da Tara Sue Me (bem BDSM e foi o melhor que li até agora), a série do cretino irresistível (bem, já deu pra perceber que eu gosto do gênero mesmo, néh?!). Acho que a polêmica se deu pq as mulheres atualmente não se importam de comprar um livro com essa temática, deixaram de lado a vergonha e passaram a ler publicamente esses livros. Hj o ponto de vista da mulher em relação ao sexo é bem diferente da mulher de anos atrás, que era inibida pela sociedade e sequer poderia pensar no assunto sexo. Em relação ao BDSM, a ignorância infelizmente prevalece. Acho ridículo o pensamento de que as pessoas praticantes do BDSM têm problemas e são traumatizadas, pois elas simplesmente buscam o prazer de forma diferente da convencional e se dão a liberdade de experimentar e apreciar o prazer. Falando nisso, sempre é praticamente o mesmo personagem: o dominante é um homem rico que fica com a mocinha submissa; isso está se tornando um clichê! Nunca li um livro em que a mulher fosse Dominante e o homem, o submisso! E mudando o rumo (não totalmente) da conversa, li recentemente a trilogia do Peça-me o que quiser e surpreenda-me, que falam sobre o swing. Nunca tinha lido um livro sobre isso e confesso que no início me assustei, mas realmente eles requerem um "open mind" e depois adorei a leitura (quem se interessar, recomendo 100%). Bjus!

    ResponderExcluir
  32. Sinceramente eu concordo plenamente com você, as pessoas nao sabem diferenciar a ficçao com a realidade se voçe acha so porque alguem vai ler o livro vai influenciar a mente de alguem é por que a pessoa quer se deixar influenciar, e o que todos esses autores colocam de um jeito ou de outro é real nao é nem um bicho de sete cabeça é um romance que se torna muito mais interesante devido as historias e as pessoas querem dar uma de puritanas e castas por causa desses livros, gente acordem para a realidade esses romances querem mostrar simplismente o que os outros atores nao tem coragem de mostrar e é muito legal essa liberdade e esses fatos acontece entre quatro paredes ai vem gente querer ser hipocrita que ficam com preconceito, um conselho: se nao gosta nao ler.e outra coisa gente onde é que nessa nossa realidade um Cristian Grey vai aparecer so mesmo ficçao por que este homem tudo bom nao existe entao o que tem esse romance influenciar na vida de alguem, e questoes de abusos que eu saiba nas minhas leituras toda as praticas nos livros sao consensuais e a autora deixa isso bem explicitos, e olhando para a relidade quantas mulheres nao sofrem agreçoes diariamente e sao mortas por seus maridos isso a sociedade nao vai fazer varios debates nao vao questionar, vao questionar fatos ficticios de um livros a sociedade é mesmo muito hipocrita....eu respeito o que cada um gosta de ler e acho que ninguem deve sofrer preconceito por isso......

    ResponderExcluir
  33. Olá Meninas,

    Vai uma dica maravilhosa, a trilogia "Peça-me o que quiser ", autora Megan Maxwell.. impossível ler 1 só.....

    Beijos,

    Silvia

    ResponderExcluir
  34. ESSES LIVROS DESTRUÍRAM MEU RELACIONAMENTO!

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Deixe seu comentário e se houver necessidade responderemos pelo seu e-mail ou aqui mesmo. Obrigada pela visita.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...