[LANÇAMENTOS] Capa e Trecho traduzido de ''Walking Disaster'' Livro 2 da série Belo Desastre - Jamie McGuire


É galera, ta chegando a hora! Previsto para ser lançado em Abriu nos EUA e em Junho no Brasil, a sequência do sucesso ''Belo Desastre'' está sendo muito aguardada. Agora temos uma capa e um trecho traduzido para nossa alegria! Relembrando que este livro vai contar a mesma história do anterior, mas com Travis narrando. Adoro ver a versão dos ''garotos'' nos romances =)



Sinopse: A nova Abby Abernathy é uma boa garota. Ela não bebe nem fala palavrão, e tem a quantidade apropriada de cardigãs no guarda-roupa. Abby acredita que seu passado sombrio está bem distante, mas, quando se muda para uma nova cidade com America, sua melhor amiga, para cursar a faculdade, seu recomeço é rapidamente ameaçado pelo bad boy da universidade.
Travis Maddox, com seu abdômen definido e seus braços tatuados, é exatamente o que Abby precisa – e deseja – evitar. Ele passa as noites ganhando dinheiro em um clube da luta e os dias seduzindo as garotas da faculdade.
Intrigado com a resistência de Abby ao seu charme, Travis a atrai com uma aposta. Se ele perder, terá que ficar sem sexo por um mês. Se ela perder, deverá morar no apartamento de Travis pelo mesmo período. Qualquer que seja o resultado da aposta, Travis nem imagina que finalmente encontrou uma adversária à altura.



TRECHO TRADUZIDO



Shepley saiu de seu quarto puxando a camiseta sobre a cabeça. Suas sobrancelhas juntas. “Elas simplesmente se foram?”

“Sim,” eu disse distraidamente, enxaguando minha tigela de cereal e despejando o resto da aveia de Abby na pia. Ela mal tocou.
“Bem, que inferno? Mare nem sequer se despediu.”
“Você sabia que ela ia à aula. Deixe de ser um bebê chorão.”
Shepley apontou para seu próprio peito. “Eu sou um bebê chorão? Você se lembra de ontem à noite?”
“Cala boca.”
“É o que eu pensava.” Ele sentou-se no sofá e colocou seus tênis. “Você perguntou à Abby sobre seu aniversário?”
“Ela não disse muito, exceto que não curte aniversários.”
“Então o que faremos?”
“Dirigindo uma festa.” Shepley assentiu, esperando que eu me explicasse. “Eu pensei em surpreendê-la. Convidar alguns de nossos amigos e com America a distraindo por um tempo.”
Shepley colocou seu boné branco, puxando-o tanto para baixo que eu não podia ver seus olhos. “Ela pode fazer isso. Algo mais?”
“O que você acha de um filhote?”
Shepley riu. “Não é meu aniversário, bro.”
Eu andei em torno da mesa de café da manhã e me encostei na cadeira. “Eu sei, mas ela vive nos dormitórios. Ela não pode ter um cachorro.”
“Manter ele aqui? Sério? O que vamos fazer com um cachorro?”
“Eu encontrei um Cairn Terrier na internet. É perfeito”.
“Um o quê?”
“Pidge é de Kansas. É a mesma raça do cachorro de Dorothy em Mágico de Oz”.
A cara de Shepley estava branca. “Mágico de Oz.”
“O quê? Eu gostava do Espantalho quando era criança, fique quieto.”
“Vai cagar em todos os lugares, Travis. Vai latir e choramingar e… eu não sei.”
“Assim como America… tirando a parte de cagar.”
Shepley não achou graça.
“Eu vou passear e limpar. E vou deixá-lo no meu quarto. Você nem vai saber que ele está aqui.”
“Você não pode impedi-lo de latir.”
“Pense sobre isso. Você tem que admitir que isso vai conquistá-la.”
Shepley sorriu. “É disso que se trata? Você está tentando conquistar Abby?”
Minhas sobrancelhas se uniram. “Pare com isso.”
Seu sorriso se alargou. “Você pode pegar o maldito cachorro…”
Eu sorri com a vitória.
“… Se você admitir que sente algo por Abby.”
Fiz uma careta. “Vamos lá, cara!”
“Admita,” Shepley disse, cruzando os braços. Era sério. Ele realmente vai me obrigar a falar.
Eu olhei para o chão, e qualquer outro lugar exceto para o sorriso presunçoso de Shepley. Eu lutei por um tempo, mas o filhote era fodidamente brilhante. Abby vai vibrar (de um jeito bom dessa vez), e eu poderia mantê-la no apartamento.
Ela estaria lá todos os dias.
“Eu gosto dela,” eu disse com os dentes cerrados.
Shepley colocou a mão no ouvido. “O quê? Não consegui te ouvir.”
“Você é um idiota! Você ouviu isso?”
Shepley cruzou os braços. “Diga.”
“Eu gosto dela, ok?” “Não é suficiente.”
“Eu sinto algo por ela. Eu me importo com ela. Muito. Não aguento quando ela não está por perto. Feliz?”
“Por enquanto,” disse ele, pegando sua mochila do chão.



Ansiosos? *___*



                                 Beijos
                                               Nita

7 comentários

  1. AHHHHH
    Quero muito ler esse livro! *.* Belo desastre já foi uma maravilha, mal posso esperar para ver a versão do Trevis!!!!
    Esse trecho já me deixou toda animada e ansiosa ^.^

    ResponderExcluir
  2. A capa ficou linda, gostei porque segue o perfil da primeira capa. Quando é diferente eu acho que fica sem conexão, meio sem graça.

    (desconstruindoaspalavras.blogspot.com.br)

    ResponderExcluir
  3. Estou ansiosa pra ler a versão do Travis to quase arrancando todos os meus cabelos rsrs. Gostei muito desse trecho, fica um gostinho de quero mais!!

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Deixe seu comentário e se houver necessidade responderemos pelo seu e-mail ou aqui mesmo. Obrigada pela visita.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...