[RESENHA] Laços Inseparáveis - Emily Giffin



"Eu sei o que dizem sobre segredos. Sei tudo o que se diz a respeito. Que eles podem assombrar e perseguir você. Que podem envenenar relacionamentos e dividir famílias. Que, no final, somente a verdade pode libertar."


Sinopse: Marian Caldwell é uma produtora de televisão de 36 anos, vivendo seu sonho em Nova York. Com uma carreira bem-sucedida e um relacionamento satisfatório, ela convenceu todo mundo, inclusive si mesma, que sua vida está do jeito que ela deseja. Mas uma noite, Marian atende a porta... para apenas encontrar Kirby Rose, uma garota de 18 anos com a chave para o passado que Marian pensou ter deixado para trás para sempre. Desde o momento que Kirby aparece na sua porta, o mundo perfeitamente construído de Marian — e sua verdadeira identidade — será chacoalhado até o fim, fazendo ressurgir fantasmas e memórias de um caso de amor apaixonado que ameaça tudo para definir quem ela realmente é. Para a precoce e determinada Kirby, o encontro vai provocar um processo de descobrimento que a leva ao começo da vida adulta, forçando-a a reavaliar sua família e seu futuro com uma visão sábia e doce. Enquanto as duas mulheres embarcam em uma jornada para encontrar o que está faltando em suas vidas, cada uma irá reconhecer que o lugar no qual pertencemos normalmente é onde menos esperamos — um lugar que talvez forçamos a esquecer, mas que o coração se lembra eternamente.


''Quando o amor é verdadeiro, nem o tempo é capaz de apagar suas origens''

Marian era uma jovem garota que sempre se comportou bem, com pais rígidos, ela sempre andou pisando em ovos, até que em uma festa ela conheceu.... Conrad, um jovem rebelde do tipo que arrebata o coração da garotas. Em um momento de luxuria e loucura acontece o inevitável, e uma relação de amor começa a surgir.


"Apesar de tudo, naqueles momentos ofegantes e suados, nunca imaginei o que aconteceria a seguir. Nunca imaginei que aquilo seria algo além de um momento na minha vida. Uma história da minha juventude. Um capitulo daquele verão. Uma onda de calor com começo, meio e fim definitivo.

Mas problemas surgem, problemas sempre surgem. Marian está indo para o universidade ter um brilhante futuro, e Conrod simplesmente não vai sair de onde está, terminar a escola provavelmente será seu maior feito na vida. Esse romance está com os dias contados, mas como se isso não fosse o bastante, surge um fruto do seu relacionamento, um fruto não planejado e que vai virar sua vida do avesso.

18 anos se passam, desde que uma decisão foi tomada, Marian é uma produtora de TV, namora com seu chefe, o bonito e sedutor Peter. Tem um lindo apartamento, uma boa conta bancária, uma estilista a disposição. Tudo parece perfeito, tirando o fato do pedido de casamento está demorando a sair dos lábios de Peter. Até que alguém bate em sua porta... Kirby uma garota com 18 anos está na sua frente revivendo a grande mancha de seu passado. E agora ela se pergunta, o que vou fazer?


''- Meu Nome é Kirby Rose - Nenhuma reação, é claro. Ela não sabe meu nome. (...)
- Você é...? (...)
- Acho que você é minha mãe.
- Ahh...meu Deus. É você ''

- Papai - digo me virando para olhar no rosto dele, meus olhos escondidos por trás dos meus próprios óculos.
- Sim, meu bem?
- Me desculpe por não ter lhe contado... gostaria de ter feito isso.
- Tudo bem querida.
- É que eu fiquei tão envergonhada - falei com a voz embargada.
A palavra não é suficientemente forte para expressar o que eu senti
- Fiquei mortificada, constrangida. E eu não queria desapontar você estou com 36 anos e eu posso ver agora que a situação... não era o fim do mundo. Mas com 18 anos, eu não conseguia enxergar isso... simplesmente não conseguia.


Kirby é uma garota muito legal, adorei ela, adotada por pais simples mas maravilhosos ela nunca sentiu falta de nada, sua irmã um doce de garota, sempre a tratou com muito carinho, nunca foi tratada de forma diferente, apesar de ser bem diferente deles. Ela gostava de música, tocar instrumentos, não era ligada em esportes, como seu pai, ou em ser popular e atlética como sua irmã, e não era de alma tão simples como sua mãe, ainda sim, apenas quando estava com 17 anos e sua rebeldia adolescente começou que ela se perguntava sobre seus ''outros pais'' os pais biológicos. Ao completar 18 anos e numa fase de muitas brigas com seus pais, ela decide ir atrás de sua história.


 ''Você pode correr, mas não pode se esconder''


Esse livro foi muito lindo, começa de uma forma e tem uma reviravolta, você pode começar ter raiva de Kirby em alguns momentos, pensando que ela é mau agradecida, mas durante a história ela não passa de uma menina perdida que vai amadurecendo, aprendendo muito sobre a vida, e na hora certa ela vai aprender a dar o devido valos a sua família e claro a nova família biológica que ela vai descobrir.

Me emocionei em muitos momentos, e chorei em outros, tanto quanto ri. A lição de vida que este livro trás é muito forte, bela e verdadeira, o que vemos nele acontece com muita gente de verdade. O final foi o que eu chamaria de ''perfeito'' e ''tocante'' e sugestivo também.

 A diagramação é do modo que gosto, páginas amareladas, letras de bom tamanho. A capa é maravilhosa, simplesmente me apaixonei pelo livro e por seus personagens. Super recomendo.

Título: Laços Inseparáveis
Autor: Emily Giffin
Editora: Novo Conceito
Páginas: 448


                                Beijos
                                            Nita

18 comentários

  1. Nunca parei para ler nem a sinopse desse livro... mas sua resenha me deixou curiosa, apesar de que leio pouco do gênero. Também é ótimo ler um livro realmente marcante, que dificilmente esquecemos.
    Um abraço!
    sete-viidas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Tinha lido uma resenha desse livro e fiquei curioso agora, mas não mencionaram que aparecia essa filha dela e tudo, agora fiquei bem mais curioso para lê-lo!
    Falam que as histórias da autora são bem reais e essa parece ser!

    ResponderExcluir
  3. Dei de presente.....a minha chefe.

    Espero que ela ame a pessoa que me indicou falou bem pacas.

    ResponderExcluir
  4. Olá,

    Nossa, pela resenha, e pelo que você disse, o livro deve ser realmente emocionante... Odeio chorar hahaha.
    Mas, o livro parece ser muito bom, já tinha ouvido falar do livro, já vi outras resenhas... Mas, não tinha me interessado tanto como agora. O livro está na minha listinha de desejados, sem duvidas. Pretendo compra-lo o mais rápido possível, odeio ficar curiosa '-' hahaha.
    Adorei a resenha, viu?

    Beijos, Andressa.

    ResponderExcluir
  5. Olá, Nita!

    Gostei da resenha. Não por você falar bem, não se engane! hehehe, mas por ter analisado vários aspectos. Faltam resenhas assim. :/

    Espero que continue! :D

    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  6. Vim conferir o link que me mandou.
    Bem interessante mesmo :))

    Obrigada por compartilhar.

    ResponderExcluir
  7. Da Emily, li apenas Presentes da Vida e me encantei com certeza, pretendo ler os demais livros dela publicados no Brasil.

    bjs
    Camila Márcia
    @camila_marcia
    De Livro em Livro
    Devaneios Fugazes

    ResponderExcluir
  8. Tem selinho para você no meu blog http://estantedecristal.blogspot.com.br/2013/01/selinhos.html

    ResponderExcluir
  9. Oi Nita! Tudo bem?
    Adorei a resenha!
    O livro parece ser realmente muito bonito. Achei o assunto bem interessante, apesar de um pouco clichê. Vejo isso o tempo todo nos filmes, mas nunca vi um livro com este tema. Gostei bastante da resenha!

    Beijos :*
    salaodelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. sua chefe vai amar, simplesmente perfeito =)

    ResponderExcluir
  11. Obrigada =) esse vai te marcar sem duvidas! Muito lindo :)

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Deixe seu comentário e se houver necessidade responderemos pelo seu e-mail ou aqui mesmo. Obrigada pela visita.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...